Bagé / RS, Domingo, 26 de Maio de 2019
Siga-nos:

Colunistas

Gladimir Aguzzi
Coluna: Papo de Elevador
Papo de Elevador

Papo de elevador

Desvios da barragem I
O leitor sabe qual o principal motivo de não ter recomeçado a obra da barragem ou pelo menos aberto o novo processo de licitação? Porque a prestação de contas não fecha. Ou seja, além da prefeitura ter de devolver mais de R$ 4 milhões, sem correção, ao governo federal, por desvios no tempo do PT, a conta da barragem não fecha. E não fecha para os técnicos federais.

De R$ 14 a R$ 16 milhões
Tenho ouvido algumas pessoas que estão tratando dessa força-tarefa para a retomada da barragem. Percebo que otimismo há. Porém, existe a dificuldade para fechar a prestação de contas e a glosa de R$ 4,3 milhões, que ao fim e ao cabo vai a R$ 7 milhões, mas pode chegar de R$ 14 a R$ 16 milhões o prejuízo.
Ou seja, tudo o que foi colocado na barragem poderá ter de ser devolvido.
Tomara que não.

O falso cálculo
E pior: o falso cálculo da obra não foi apontado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional apenas, mas pela CGU – Controladoria-Geral da União. O ministério espalhou a notícia.
O prejuízo é imenso. Descaso. Abuso. Improbo. Sacanagem.

O dinheiro
E tem gente que diz não saber o motivo do embargo, alardeando que foi só uma onda de denuncismo. Ora, mas isso é uma piada, uma triste irresponsabilidade.
O relatório da CGU não deixa dúvidas. Além da questão societária, pois quem executava e fiscalizava eram os mesmos, antes de dar-se o início ao canteiro de obra é possível verificar que o processo estava cheio de vícios!
Mas não concordo que tenha que ser a prefeitura a devolver esse dinheiro todo. Isso deveria ser de responsabilidade daqueles que respondiam pela obra, aqueles que alardearam sua construção, inclusive com data marcada, em programa eleitoral gratuito.

Em breve...
Enfim, voltarei ao tema barragem e questões judiciais. Há muito o que mostrar e o que dizer. A situação é mais grave que imaginou a vã suspeita de quem viu tudo de longe.

No tempo do Walter Fagundes
Quando eu era jovem, lá pelos 17 e até 24 anos, ouvia um locutor na rádio Cultura de Bagé, chamado Walter Fagundes, criticar o governo federal. Ele esbravejava contra o superministro da Agricultura Delfim Neto, inclusive chamando-o de “gordo”, além de dizer que era o culpado por tudo de ruim que acontecia. O “gordo” me causava estranheza. Como assim? Isso é ofensa política?

A crítica federal
No entanto, o que mais me intrigava nas críticas ao governo federal, ao presidente João Batista Figueredo e ao tal ministro, é que eles nunca ouviriam o que o locutor gritava no microfone da Cultura. Então, enquanto ouvia de muitos que o homem da rádio era corajoso por dizer tudo aquilo, eu pensava (e dizia): mas por que não critica o prefeito, os secretários, os vereadores de Bagé? Ou, pelo menos, se posicione nas questões municipais.

Minha aldeia
Quando comecei a escrever para rádio e jornal levei isso em consideração. Não que o governo federal não pudesse ser criticado nas províncias, mas a voz forte deveria ser sobre a aldeia, o lugar próximo, onde passam os arroios de minha infância.
Walter Fagundes foi fundamental para a minha trajetória, apesar de hoje vivermos as palavras vazias, desabafos desmedidos e denúncias raivosas nas redes sociais.
Perdeu-se a credibilidade, cresceu a judicialização.

Emendas são emendas...
Já disse algumas vezes para o prefeito Divaldo Lara quando se refere a emendas parlamentares. “É preciso garantir que chegue o dinheiro, que entre na conta. Sem isso acontecer, nada feito.” Em tempos de Bolsonaro, de reforma da Previdência, mais e mais esse mantra da “garantia” precisa ser levado em conta. Ainda mais quando a emenda é de um PT, PCdoB e PSB.

A favor da reforma
A mais nova paixão do PDT nacional, a deputada federal Tábata Amaral, 25 anos, eleita por São Paulo, declarou que é a favor da reforma da previdência. Pontua alguns itens necessários e urgentes, outros que devem ser melhorados, mas trocando em miúdos, é a favor.
Eis uma paixão feito sonho de uma noite de verão para o PDT.

Augusto Lara e a informática
Aliás, por falar em PDT, interessante a proposta do vereador Augusto Lara que prevê aulas de conhecimento básico em informática nas escolas de rede municipal. Interessante e óbvio. Tem que fazer. Em tempos de mundo informatizado não é possível que nossas crianças e adolescentes sejam “infoanalfabetos” ou analfabetos digitais.

“Caro é a ignorância”
Aí alguém pode pensar que vai custar caro, porque tem equipamento, contratação de monitores, inclusão de horas-aula no currículo, etc. Pois bem, Leonel Brizola, fundador do partido do vereador Augusto, costumava dizer que “caro é a ignorância”. Mas, não é caro. E o MEC anuncia aumento de recurso para a Educação Básica, invertendo a pirâmide. Ou ajustando.
  

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 85 resultados encontrados
  • 24/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    A trajetória do PT em Bagé
    O PT de Bagé chegou à prefeitura na eleição de 2000. Até lá amargou derrotas em 1985, com Luiz Mainardi; em 1988, com Valdir Gomes; em 1992, com Mainardi, e em 1996 mais uma vez com Mainardi. Nessa trajetória concorreu sozinho, depois com PSB e mais tarde com PMDB.
  • 22/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Ingovernável sem conchavos
    Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro compartilhou em redes de WhatsApp o texto de um tal Paulo Portinho, funcionário público, que, trocando em miúdos, alerta ser o Brasil ingovernável sem conchavos políticos. Isso causou um rebuliço enorme. A renúncia do...
  • 18/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Gilmar de Quadros teve uma ideia
    O jornalista colunista social Gilmar de Quadros resolveu opinar sobre o tão sonhado teatro de Bagé. E ele sugere que o prédio histórico do Clube Comercial passe para o município e seja transformado em teatro. Para isso haveria uma assembleia com os sócios, que...
  • 15/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Iluminação pública
    A alternativa encontrada pela prefeitura para mudar o sistema de iluminação pública de Bagé está embasada em dois princípios: economia e garantia de segurança. Além do embelezamento da cidade, que deverá ter uma luminosidade melhor e harmônica. Mas, enquanto isso não...
  • 11/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    A política e o poder
    "Não gosto de política... gosto é do poder. Política, para mim, é um meio para chegar ao poder.” Quem disse isso foi o jornalista, deputado e governador da Guanabara Carlos Lacerda, que teve seu auge nos anos 50 e 60. E é isso o que mais vejo hoje. Lamentavelmente. Quem...
  • 04/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Crime e castigo
    Tem político que faz um benefício para a sociedade e se acha no direito de ser perdoado por todos os pecados. Não. Não é assim que deve ser, e não é.
    Crime é crime. Benefício social é benefício social. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

    Benefício e confusões
    Por...
  • 01/05/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Pedro e o filme
    É sempre constrangedor manter uma coluna em jornal e forçar a barra para falar de si. No entanto, é preciso que diga algumas coisas sobre o filme “Quando a Cultura Matou Pedro Wayne”, premiado como o melhor filme na mostra regional do 11º Festival Internacional de Cinema da...
  • 27/04/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Danúbio azul, verde, vermelho...
    Sempre que volto a insistir sobre o livro definitivo de Bagé é porque coisas acontecem na cidade. Importantes coisas. Domingo passado tivemos a triste notícia da morte de Danúbio Gonçalves. Daí vem aquela certeza que não conhecemos a nossa história nas artes....
  • 24/04/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Festival de Cinema
    O Festival Internacional de Cinema da Fronteira já começou. Em Livramento e Rivera. Amanhã, sexta e sábado é em Bagé. Tem filme de Espanha, Moçambique/Portugal, Canadá/Uruguai, filmes brasileiros e de produção gaúcha.
    A cultura de um novo olhar para o cinema é sempre...
  • 19/04/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Movimentos militares na fronteira
    Ouvi o general Ramires no programa Primeira Notícia da Rádio Clube, quinta-feira, 18. Muito interessante. Entrevistado pela jornalista Giana Cunha, o general disse algo que é fundamental para compreendermos a história da fronteira sul-americana e da formação do...
Exibindo 1 a 10 de 85 resultados encontrados
  • Página de 9
Clique TV
OPERAÇÃO SÃO CRISTOVAN | POLÍCIA CIVIL BAGÉ
Assista também:
OPERAÇÃO EMBOSCADA | POLÍCIA CIVIL
Clique Social

Coluna Social

“Os ideais que iluminam o meu caminho são a bondade, a beleza e a verdade”
Albert Einstein
 
3Gurias: 10 anos de alta moda
Elas são sucesso!...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.