Bagé / RS, Domingo, 20 de Janeiro de 2019
Siga-nos:

Colunistas

Gladimir Aguzzi
Coluna: Papo de Elevador
Papo de Elevador

Papo de elevador

Crédito: Divulgação/FS

Um índio
Reza a lenda que viveu por esses vastos campos de fronteira um índio guerreiro que combateu ao lado de Sepé na Guerra das Reduções, era chefe e seu nome Ibajé. Há quem diga que é Guarani; há quem teime que é Charrua. Porém, uma coisa é certa, ao final da vida sossegou à fralda do cerro onde corre o arroio que, por corruptela do nome do cacique, até hoje é chamado arroio Bagé.

A origem
Otávio Augusto de Faria, no Dicionário Geográfico, Histórico e Estatístico do Estado do RS, edições de 1907 e 1914, registra que “o município de Bagé deriva de Ibajé, chefe de uma tribo de índios que ali habitou desde os fins do século XVII”.

Um chefe
No livro Missões Orientais e seus antigos domínios, de Hemetério Velloso da Silveira, está destacado que só depois de 1754, no século XVIII, portanto, “uma tribo de charruas, tendo por chefe o índio Ibajé estabeleceu sua taba à fralda do cerro...” Isso onde mais tarde surgiria o município de Bagé.

Um major
Há quem escreva que o cacique se aliou aos portugueses; há quem afirme que nunca foi um aliado e há quem diga que tudo isso é bobagem. Pois, o major João Antônio Cirne, homem do tempo de alguns dos primeiros povoadores de Bagé, registrou em depoimento como era o índio que habitava por aqui: “o índio Ibajé era hospitaleiro, afável, mais amigo dos portugueses que dos espanhóis e até protegia algum português quando ia para a Colônia de Sacramento. E era bastante altivo...”

Além da história
Para o historiador Walter Spalding, que o professor Tarcísio Taborda trouxe a Bagé em encontro de História na metade da década de 50, “o índio Ibajé seria Guarani e pelejou na Guerra Guaranítica, quando assistiu a morte de Sepé nas margens do arroio Vacacaí em 1756”.
No entanto, há quem defenda que as palavras de Spalding não invadiram o terreno da história, mas das lendas.

Tupã e Anhangá
Tendo o índio existido ou não, a verdade é que nós bageenses a cada ano que passa perdemos – mais e mais - o trem da história, não apenas como metáfora, mas como identidade.
Ora, mas vamos dar vida a esse índio de uma vez por todas; vamos colocar-lhe cocares e miçangas, sangue e suor, flecha, lança e bolhadeira; vamos dar ao índio Ibajé o lugar de sua oca, a pedra onde se sentava para agradecer a Tupã e temer Anhangá; vamos dar ao índio a melhor luz natural do mundo e fazê-lo bela arte.

Um patrimônio fantasma
É quando ouço essas discussões sobre ter ou não carnaval, ter ou não um teatro municipal, que reflito a imensidão de nossos valores, desse patrimônio fantasma a nos rondar, que fuxica em nossa razão para que o transformemos em sentimento de tinta, cerâmica, pedra, notas musicais, palavras... Num grito de arte.

Na curva do amanhã
O índio está lá na fralda, no pé do morro, na beira do arroio a teimar com nosso imaginário. E nós aqui, a beber do alheio num velho filme de faroeste via Netflix. Mal sabemos nós que, também aqui, enterraram corações na curva do rio e ainda queimam poemas e cantos, porque estamos imbecilizados querendo futuro sem saber que só o passado nos conduz ao amanhã.

Ieacen e Ibram
Ruben Oliveira na direção no Instituto de Artes Cênicas do Rio Grande do Sul. Paulo Amaral na presidência do Instituto Brasileiro de Museus. Dois bageenses. Duas pessoas com as melhores qualificações para cuidar das artes, da memória, dos movimentos que tornam as pessoas melhores na vida. Um no Rio Grande; outro no Brasil.
Precisamos saber usá-los para o bem da nossa cultura.

Esquerda e a TV Câmara
Esquerda Carneiro, novo presidente da Câmara Municipal de Vereadores nos próximos dois anos, está analisando, planejando e ouvindo sugestões  para que a TV Câmara se torne um canal cada vez mais atrativo para o público. Primeiro precisa reestruturar, depois tentar fazer melhor.

A memória e a informação política
A TV Câmara deve estar nos lares de todos os bageenses. Muitas vezes não está por problemas técnicos. O canal também é responsável pela memória política audiovisual de Bagé, além de ser um meio de informação das ações do Legislativo e dos acontecimentos de interesse público que ocorrem na cidade. A jornalista Joseane Pires deverá ser a nova diretora de jornalismo.

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 49 resultados encontrados
  • 19/01/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    A chuva e a fundação de Bagé Devia estar bem assim o tempo, como nos últimos dias, chuva e chuva, no mês da fundação de Bagé, julho de 1811. Os arroios cheios, transbordando, inviabilizando a viagem do Exército Pacificador de Dom Diogo de Souza que rumava para o Uruguai. Não fosse a...
  • 16/01/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Enredos e milagres O prefeito Divaldo Lara tem dito que a atual gestão faz milagre com o dinheiro que está disponível para investimentos no município, dado o montante de dívidas a pagar, o débito de R$ 7 milhões do Estado com a Saúde, o enredo todo que restou a grande obra da barragem,...
  • 09/01/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Hoje no Avenida - Alô? Cine Avenida. Pois não? - Que filme tá passando? - Depredador.  - Nossa! Nunca ouvi falar. - É um filme horroroso. Aparece um monstro, horrível.    Aristides Kucera larga o fone no gancho. O homem que fez dinheiro com Carlitos, Oscarito, John Wayne,...
  • 05/01/2019 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Criaturas do pântano  Esta foi uma semana incomum para nós brasileiros com a posse dos novos governos. Destaco a lucidez do discurso do economista Paulo Guedes, em que, entre tantas boas frases, disse:  - “O Brasil é o paraíso dos rentistas e o inferno dos empreendedores”.  - “A...
  • 29/12/2018 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Rafaela da minha vida Rafaela Gonçalves Ribas se foi. Minha professora de redação. Que certa vez me deu 0,25 de nota em um texto sobre o tema: “O que eu vejo em minha casa”. Fiquei com tanta raiva. Engoli em seco. Eu não queria falar da minha casa, inventei uma história de outro mundo, outra...
  • 22/12/2018 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    É Natal, vereador É Natal. Tempo de reflexão. Um bom momento para pensarmos em nós, nas pessoas que protagonizam nosso mundo, no rumo de nossas vidas.  No entanto, às 13h20min do dia 21 de dezembro, reescrevo esta coluna por ter sido informado por alguns amigos que o vereador...
  • 19/12/2018 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    O futuro de Bagé Por incrível que pareça há muito tempo Bagé não planeja seu futuro. O mais próximo planejamento talvez tenha ocorrido em 1984, quando o prefeito Carlos Sá Azambuja lançou o projeto “Bagé preparada para o ano 2000”. Referia-se à construção de novos bairros, anel rodoviário,...
  • 15/12/2018 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

      Denúncias e fake news Hoje, vamos abordar dois ou três assuntos em torno do mesmo tema. Improbidade administrativa, arquivamento de denúncia e uma estranha onda de fake news em oposição ao governo Divaldo Lara.   A onda que assola ideais Afinal, o que está acontecendo na...
  • 12/12/2018 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    Ensaio sobre uma plataforma Na coluna de sábado iniciei uma análise do que pode ser essa tal “Plataforma Bagé” inventada pelo deputado estadual Luiz Mainardi e sua jornada de “herói” na tentativa de conquistar um espaço para ser candidato a governador. Vale lembrar que são prospecções, estou...
  • 08/12/2018 - Papo de Elevador

    Papo de elevador

    O trem de ontem e de hoje Conhece aquela máxima que diz: – Esse o trem não pega? Pois é. Terminou.  Os trens de hoje estão pegando a “todos e todas”.  (Em tempo: tenho ojeriza ao todos e todas e se usei todos e todas foi por ironia - a todos e todas.)    “Alemão”...
Exibindo 1 a 10 de 49 resultados encontrados
  • Página de 5
Clique TV
Óptica Bagé - Dia dos Pais
Assista também:
Santa Edwiges - Dia dos Pais
Clique Social

Social

Divulgação/FS

DEPOIS de lerem nesta social sobre lançamento do livro que vai contar a história da tradicional Casa Sloper, algumas amigas relembraram o glamour...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.