Bagé / RS, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018
Siga-nos:

Colunistas

Orlando Carlos Brasil
Coluna: Opinião
Perfil: Jornalista e professor do curso de Comunicação Social da Urcamp
Opinião

Sobre a greve

Havia muito o Brasil inteiro não se encontrava tão refém de uma categoria profissional como ocorre neste momento com a greve dos caminhoneiros.
Independente do mérito se os caminhoneiros têm ou não razão, deve-se igualmente olhar para o movimento voltando a visão para a infraestrutura logística nacional. As consequências do problema não residem apenas na distribuição de combustíveis, alimentos de toda ordem ou os mais diversos produtos. 
Uma das causas que resultam nas dificuldades momentâneas vem lá detrás, de há mais de 40 anos. Ou seja, da aniquilação da modalidade ferroviária que praticava um transporte limpo, com milhares de acidentes a menos e proporcionando um custo país bem menor do que se verifica hoje. 
Em síntese, observa-se os valores cobrados pelos oligopólios internacionais para a sustentação de um sistema político-econômico.

Os mais influentes
A Odisseia, de Homero, seguida de A Cabana do Pai Tomás, de Harriet Beecher Stowe e Frankenstein, de Mary Shelley, compõem os três primeiros lugares na lista das 100 obras literárias mais influentes do mundo ocidental em todos os anos.
O resultado deu-se esta semana após a compilação das opiniões de 108 especialistas da Europa e dos Estados Unidos. Os professores, jornalistas, críticos e tradutores apontaram suas opiniões por encomenda da BBC Culture, de Londres. Cada um dos expertos apresentou cinco livros. De posse das listas, a BBC hierarquizou os dados e chegou à sua conclusão.
Nas relações, há obras nos idiomas predominantes, mas também nas línguas quíchua, sumério e ge/ez (de origem etíope). Os mais populares são William Shakespeare, Vírginia Wolf e Franz Kafka porque cada um deles aparece três vezes na lista e são, por isso, os mais representados. Uma surpresa foi o sétimo lugar para Dom Quixote de Miguel de Cervantes.
O idioma português aparece na 60ª posição com Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado e Assis. Camões, com os Lusíadas, por exemplo, não está no inventário. E os demais da América Latina são, pela ordem, Cem Anos de Solidão, do colombiano Gabriel Garcia Marques, na 9ª posição, Pedro Páramo, do mexicano Juan Rulfo, na 56ª posição, e O Aleph, do argentino  Jorge Luís Borges, na 90ª posição. 

Qualidade
Opinião de um engenheiro agrônomo apresenta mudanças de pensamentos e ações na infraestrutura regional. “Aos poucos, disse, as pessoas começam a se preocupar bem mais com a qualidade do que tem e fazem do que atentar apenas para a quantidade”.
Sintomas das realidades sociais e econômicas.  

Pela união
Um empresário urbano reclama, com razão, que os munícipes da aldeia estão ainda engatinhando no aprendizado em trabalhar de forma conjunta e colaborativa. E mais, ver que a função de qualquer um deve ser tão valorizada com aquela que aparece mais na vitrine social.
As mudanças, enfim, manifestam-se pela necessidade. Eventualmente, pelo acaso.
Soma-se a isso a certeza de que o decreto jamais se constituiu na fórmula certa para a alteração cultural.

Os maiorais
Nesses registros de quem não tem muito o que fazer e vai pra internet editar temas os mais diversos, surgiu um, nesta semana, que trata do seguinte, com uma indagação: “Quem foram as 20 pessoas que mais o influenciaram na vida?” 
Não fiz lista alguma, mas já pensou em destacar sua relação naqueles que, também, tiveram uma influência decisiva em sua existência?
Quando estiver no ócio, agite sua memória intelectual e afetiva.

Velas votivas
Pois, neste ano, jamais foram vistas tão poucas velas votivas nas janelas na homenagem à Padroeira de Bagé, Nossa Senhora Auxiliadora.
Não precisa ir num passado distante, não mais do que nos últimos dez anos, para se verificar o crescimento paulatino de uma ausência de ação de que todos se orgulhavam.
Um exemplo: na noite de quinta-feira, em toda a extensão da  avenida General Osório, na distância que separa o Colégio Frei Plácido até o Caminho da Luz, foram notadas tão somente 20 casas (incluindo-se comércio|)  com velas acesas.
Em outras ruas e avenidas o cenário não era muito diferente. 
Preguiça, desleixo, falta de fé? O que houve?

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 27 resultados encontrados
  • 19/05/2018 - Opinião

    Empobrecidos

    Certos sites de notícias mundanas gostam de revelar a vida de celebridades do mundo da moda, dos esportistas e de artistas os mais variados.
    Pois um destes sites resolveu publicar, esta semana, a vida que levam alguns esportistas dos quatro cantos da terra, de múltiplas modalidades (jogadores...
  • 12/05/2018 - Opinião

    Cultura inútil

    Informação inútil para quem não a usa em sua via prática e profissional: o Arquipélago dos Açores localiza-se a 6 385 quilômetros de Brasília. E a 2 871 de Reiquejavique, capital da Islândia.

    Só um
    Caso ocorresse, o que jamais vai acontecer (pelo menos enquanto eu viver), uma reforma...
  • 05/05/2018 - Opinião

    Foro privilegiado

    Não resta dúvida de que a recente decisão do STF restringindo o alcance do foro privilegiado seja um avanço da sociedade. Mesmo que não seja o ideal.
    O Brasil ainda tem muito tempo para amadurecer.

    Economia
    Um professor de geometria salientava aos alunos: “a economia é a base da porcaria”.
  • 28/04/2018 - Opinião

    Apologista

    orlando.cb@terra.com.br

    E esta agora de uma cantora que faz, em suas músicas, apologia ao consumo de crack, pretendendo ser candidata à uma vaga na Assembleia dos Deputados do Rio de Janeiro?
    Ela pode ser boa pessoa, popular em seus nichos mercadológicos e dominar técnica e conceitualmente...
  • 21/04/2018 - Opinião

    Mais um

    Com a aparente entrada de Joaquim Barbosa na corrida eleitoral para a presidência da República, embola-se o meio do campo. Porque a quantidade de pretendentes ao cargo, neste momento, já mostra um número expressivo, encontrando-se o país quase na altura da abundância de candidatos nas eleições...
  • 07/04/2018 - Opinião

    Visão de mundo

    Sempre é bom fugir um pouco do habitual. Assim, posta-se uma informação mais estendida de um fato verdadeiro, ocorrido na prisão estadual de São Paulo, alguns anos passados, e relatado no livro Prisioneiras, do médico Dráuzio Varella.
    Prisioneiras é o último livro de uma trilogia editada por...
  • 24/03/2018 - Opinião

    De novo?

    Pois é, mais uma vez. Não tá morto quem peleia.

    Portugueses
    Por onde andam nossos portugueses? Não os da colônia, porque jamais a tivemos. Mas aqueles que se agrupavam em torno de uma sociedade guardando feitos e valores?
    Meu bom gosto (ou mau?) entende que a bandeira cabralina está entre...
  • 09/05/2017 - Opinião

    Frasistas


    Se você tivesse que escolher entre Nélson Rodrigues e Millôr Fernandes como o melhor frasista do país, com quem ficaria?
    Para ajudar no voto, escolheu-se uma frase de cada um deles, entre as milhares divulgadas ao longo de suas atividades profissionais.
    “Eu desconfio de todo o idealista que...
  • 25/04/2017 - Opinião

    Sociológicas

    Para verbalizar com certa fidelidade as atuações humanas de algum universo é necessária a busca de um conjunto de manifestações que, na aparência, às vezes parece não apresentar nexo, enquanto analisadas de forma individual.
    Pois bem, há pouco mais de quatro meses promoveu-se um encontro...
  • 18/04/2017 - Opinião

    Com razão

    O advogado Décio Lahorgue observa que estava equivocada a nota antecedente ao texto sobre o pacote de abril, veiculada nesta coluna, na edição que passou, dizendo que a partir de 1978 ocorreu a instituição de três vagas no Senado brasileiro por unidade federativa.
    Prontamente, fez-se uma...
Exibindo 1 a 10 de 27 resultados encontrados
  • Página de 3
Clique TV
Óptica Bagé - Dia dos Pais
Assista também:
Santa Edwiges - Dia dos Pais
Clique Social

Coluna Social

Divulgação/FS

PILCHAS – Luiz Coronel   Não pensem que são pirilampos   essas estrelas lá fora.   É a lua clara dos...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.