Bagé / RS, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017
Siga-nos:

Colunistas

Orlando Carlos Brasil
Coluna: Opinião
Opinião

Causídicos

O Conselho Nacional de Justiça reconheceu, no final de 2016, a existência de um milhão de advogados em todo país. De advogados com carteira da OAB.
A lista não contempla os formados com o diploma de bacharel, sem interesse em advogar, tampouco os que ainda não passaram no exame da Ordem.
Em resumo, existe hoje no Brasil um advogado para cada 200 pessoas. 
 
Na agenda
         Todos sempre têm períodos lembrados, criações vistas, ouvidas ou lidas que não saem do imaginário.
         Pois, num curto retrospecto, assomaram à mente alguns filmes vistos há bastante tempo, e que agora trata-se de recuperá-los com as novas tecnologias.
         Indica-se rever películas como "Lawrence da Arábia", "A Filha de Ryan", "Um Estranho no Ninho" e "Sociedade dos Poetas Mortos". 
 
Sobre Bagé
A opinião aqui publicada, com o nome da autora, foi retirada de um site. Refere-se ao município de Bagé.
“É para se orgulhar mesmo!
Até parece uma cidade da Europa,
limpa, culta e sem corrupção.
Lindas igrejas com sua arquitetura”.
Beatriz Regina de Jesus (2012) - Porto Alegre
Lega-se ao leitor a oportunidade de concordar.
 
 
Naturalidade
Há mais de 40 anos, conversando com o avô de uma amiga, entrou no bate-papo o local de nascença. Ele comentou que era natural de Porto Alegre, pois naquele momento o local em que havia nascido tornara-se a cidade de Guaíba. Mas sua certidão de nascimento ainda registrava que ele era um filho da capital do estado.
Por isso, deve-se entender que Gaspar Silveira Martins é um bageense, mesmo que tenha visto a terra pela primeira vez nas cercanias de Aceguá.
 
Escolha
         Suas roupas e artesanatos têm diversas cores. Mas se tivesse que escolher entre as obras feitas pela cultura incaica, por exemplo, ou por alguma surgida nas tribos africanas, por qual optaria?
 
Ebola
         Ao falar em África, um problema de saúde pública que chega do oeste do continente é revelado por narrador do ambiente:
“No entanto, o legado deixado pelo vírus causador do ebola será sentido, com mais profundidade, quando levamos em conta que, entre as vítimas fatais, se encontrava um alto número de profissionais de saúde”.
Palavras de um pensador do Mali, Gerson Brandão, preocupado com a rara quantidade de profissionais ligados à saúde e que pode ser agravada devido às infecções disseminadas pelo vírus.
 
 
 
Quais as razões?
         Duas notícias veiculadas há poucos dias nos veículos massivos, com características bem diferentes, podem levar à mesma conclusão, em entendimento particular.
         Uma das matérias dava conta de que um pessoal residente no distrito das Palmas não queria saber do investimento em turismo perto de suas propriedades. As informações não mostraram as razões oposicionistas e pouco se abordou sobre o tema.
         A outra notícia cientificava o lamentável episódio da depredação de uma parte de um dos braços do monumento em homenagem ao Analista de Bagé. Por sinal, a segunda agressão sofrida.
         Conclui-se que as pessoas não querem as coisas.
 
Pedro Páramo
         Ele deixou uma ínfima quantidade de obras literárias. Só que o mexicano Juan Rulfo legou o romance (único escrito) Pedro Páramo como o mais emblemático escrito por um latino-americano de língua espanhola. Haja vista ser o mais estudado e sem qualquer análise definitiva sobre seu conteúdo e forma.
         Os especialistas o destacam na trigésima primeira colocação entre as mais importantes narrativas da história da literatura.
 
Mimeógrafos
         Procura-se alguém, se existe, que tenham coleção de poemas da Poesia Marginal ou Geração Mimeógrafo. Ou seja, quantos restaram e que hoje, retrospectivamente, forneceriam uma aula de história criativa. Interessante tema, inclusive, para uma mostra pública.
         Aos mais jovens explica-se que foi chamada de Geração Mimeógrafo aquela que nos anos 1970/1980 trocou os meios tradicionais de veiculação da poética por ferramentas alternativas. Tinha também o objetivo de fugir da censura. 

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 7 de 7 resultados encontrados
  • 24/01/2017 - Opinião

    Tristeza

    Na procura de documentos históricos, diálogos em instituições públicas e privadas levaram a uma triste constatação. Em, no mínimo, três casos verificou-se que os acervos haviam sido queimados por ações voluntárias dos herdeiros. Tipo não querer ficar com papéis velhos.
             Atitudes como...
  • 17/01/2017 - Opinião

    Los ajenos

    Para tornar a viagem mais rápida, sem necessidade de acelerar, deu-se ao trabalho de contar o número de automóveis com placas argentinas que trafegavam pela BR- 290 em direção a Porto Alegre (múltiplos destinos), na manhã do último domingo, 15 de janeiro.
    Num trecho de pouco mais de 50...
  • 03/01/2017 - Opinião

    Notícia boa

     
             No turbilhão de notícias ruins e pessimistas que circularam (muitas ainda terão continuidade) durante o ano passado, teve uma que chegou na forma de anúncio, no final de 2016, contrariando todos os maus sintomas.
             A notícia dá conta de que em apenas dois países do mundo...
  • 27/12/2016 - Opinião

    Um jornalista

    Arrisca-se dizer que poucos, muito poucos, hão de se lembrar de um bageense que atendia, até a semana passada (morreu), pelo nome de Leopoldo Alfaya Oberst. O personagem era um jornalista que, durante muitos anos, atuou na revista O Cruzeiro, na qual assinou reportagens memoráveis comentadas no...
  • 20/12/2016 - Opinião

    Presidente

    Presidente
             Até dois ou três meses atrás, existia, por parte de grupos, o pedido de nova eleição para a presidência da República. Sem muita convicção, fizeram-se ouvidos moucos para o tema. Só que o andar da carruagem dá início à instituição da dúvida.
     
    Com ou sem fé
             O...
  • 13/12/2016 - Opinião

    Circunstâncias

    Vale a pena questionar com quais circunstâncias iremos nos deparar no futuro (próximo ou distante?) quando estiver concluído o processo da tão decantada Lava Jato.
             Evidente que, hoje, ninguém tem alguma resposta. Porém, as ações discursivas observadas nas alas mais radicais não...
  • 06/12/2016 - Opinião

    Cinquentenário

    Amanhã, completam-se 50 anos de formatura do nível ginasial da turma de 1966 do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora.
    Um grupo de sessentões, no qual estou incluído, reuniu-se no sábado, à tarde e a noite, para uma visita guiada às dependências do colégio e uma confraternização em jantar. Uma...
Exibindo 1 a 7 de 7 resultados encontrados
Enquete

Com a crise econômica que assola o país, muitas das novas administrações municipais estão revendo o repasse e de recursos e a própria realização dos carnavais em suas cidades. Em Bagé, ainda há indefinição sobre o carnaval de rua deste ano. O jornal Folha do Sul pergunta ao internauta se é favorável à realização neste ano da folia, mesmo com as contas municipais apresentarem uma série de problemas já divulgados na imprensa.

  • NÃO. A cidade precisa, primordialmente, resolver problemas estruturais, como recuperação de vias e projetos, bem como nas áreas de saúde e segurança, por exemplo. A festa é válida, mas neste momento, o município deve focar em ações para a retomada de seu crescimento, com a festa retornando maior em 2018.
    ( 90.6% )
  • SIM. O carnaval é a grande festa popular da sociedade. Mesmo que o município esteja enfrentando uma crise, como outras do passado, não se pode negar um evento tradicional e cultural, mesmo que este seja realizado com maior simplicidade.
    ( 9.4% )
Ver resultado parcial
Quero votar
Clique TV
Show - Guri de Uruguaiana - Bagé
Assista também:
Operação "Lenhador" prende homem acusado de liderar o tráfico de drogas na região da Campanha

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.