Bagé / RS, Quarta-feira, 24 de Maio de 2017
Siga-nos:

Colunistas

Gladis Deble
Coluna: Cultura
Cultura

Alquimista pequena

Por uma escada
De degraus intermináveis
Caminho devagar
Um portão de ferro
Com desenhos góticos
Bate às minhas costas.
Os passos firmes
Impõem um certo ritmo
Ao movimento da saia.
Os desacertos do mundo
Fazem eco ao longe
Os escuros da minha alma
Arranham meus avessos...
Afugento o medo com o véu espesso
Que me envolve o corpo.
Acomodo hoje uma única certeza
Depois de atravessar a noite vasta
As luzes da aurora alcançarão
Meus passos novamente
E sem a mordaça
Que me cala a boca
Poderei escrever outra vez
Uma nova cantiga, sem dilemas,
Alçar voo e destilar o caldo do cosmos...
Uma alquimista pequena
Lavrando um poema.

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 28 resultados encontrados
  • 23/05/2017 - Cultura

    Barco de papel

    Navega frágil barco de jornal
    Margeia o meio-fio
    Desce calçadas
    Desfila pelas ruas da cidade
    Buscando a liquidez
    Dessas enchentes.
    Minha alma a secar
    Vai nessa vela
    A enfurnar-se quase a perder-se
    Numa esquina.
    Conserva refletida
    Minha essência
    Nos rios e lagoas
    Que se formam.
    Tu...
  • 16/05/2017 - Cultura

    Alma de gato

    Fiz  um resumo enxuto
    Para dizer do meu dia
    Mas para erguer um poema
    Envolve certa magia.
    Tem que arrancar de improviso
    Alguma pedra do chão
    Tem que cavar com as unhas
    Nos veios do coração.
    Para escrever no momento
    E dar conta do recado
    Fujo da incompletude
    E dou a volta na terra.
  • 05/05/2017 - Cultura

    Sororidade

    Andam comigo várias mulheres
    Que viajam escondidas
    Nesta aventura terrena
    Fazem parte de mim
    Que, fracionada,
    Às vezes me desconheço
    Sobre meus ombros
    O mundo pesa.
    Meio pirada pelos enredos
    Da vida dura neste planeta.
    Sofro mas cresço
    Nas travessuras
    Dos desencontros.
    Todas as...
  • 13/04/2017 - Cultura

    Nossa história

    Nesta fase do outono
    Quando os seres amados
    Já não estão ao alcance dos olhos

    Minha alma fatiada de ausências
    Tenta formatar o todo
    E entender o novo tempo que começa

    Ondulam folhas breves no quintal
    Circulam pelas mãos fotografias
    Célere decifro algum sinal.

    Ainda  me persegue...
  • 14/03/2017 - Cultura

    Dos transbordamentos

    Alguns afetos eu guardo na memória
    E inquieta vou tecendo uma trilha...
    Derrubo café na capa de um projeto
    Sorrio das urgências pela vida.
    Escapa inconsequente algum delírio
    Retalhos de luar pendurados no alpendre.
    Os afetos bebem lume no túnel
    Do cromo das auroras
    Desembrulham mensagens...
  • 03/03/2017 - Cultura

    Eu, pisciana

    Eu, pisciana, responsável pela curadoria
    De uma exposição num aquário furado
    Em duplicidade nado ao revés da maré.
    No arrepio da onda equilibro emoções.
    Às vezes portadora do tridente de Netuno
    Ponho ordem na casa [ logo eu... vê se pode]
    Apaziguando algum cardume
    Ofereço doçura e...
  • 18/01/2017 - Cultura

    São Sebastião

    São Sebastião
    Na sua alegoria de mártir
    Atravessou os séculos
    Aqui estabeleceu mitos e vínculos.
    Como flecha da época medieval
    Cortou os ares viajando no tempo
    Cerzindo paisagens aqui acampou.
    No sincretismo religioso é Oxóssi
    O orixá das matas e das relações
    Entre o mundo animal e...
  • 10/01/2017 - Cultura

    Da tribo

    Este nervo exposto que suporto
    que comprime, que levanta e que derruba
    É a mesma corda que embala
    pássaros na brisa, como bússola
    que aponta ao infinito...
    Desarvorada pela ação política
    Eu só escrevo para dar sentido
    A umas visões que trago e que persigo
    Tateando nas dobras do destino.
  • 04/01/2017 - Cultura

    Bagé

    Cintilam janelas
    Iluminadas ao brilho
    Da tua luz.
    Tuas vidraças
    Atiçam faíscas
    No esmeril da tarde.

    Queimamos nossos desejos
    Sob a epiderme
    Da cidade acesa.
    A palha flameja
    Memória e identidade
    Balaios, bagagem de índio
    Desenhos de cerros
    Brotam da terra.

    Como dois seios
    De...
  • 28/12/2016 - Cultura

    Fazer planos

    Pelas reprises de dezembro
    E retrospectivas em cores sépia
    Alcançamos os portões de janeiro.
    Nutrimos de afeto a expectativa
    Do ano vindouro. Almejamos o melhor.
    Além das bênçãos individuais
    Que agradecemos desde agora.
    Projetos coletivos propomos.
    Costuramos novos sonhos
    Com o viés...
Exibindo 1 a 10 de 28 resultados encontrados
  • Página de 3
Clique TV
Delegada apresenta detalhes sobre investigação de morte de jornalista bageense
Confira trecho da coletiva de imprensa concedida na manhã de hoje, pela delegada Roberta Mariana Bertoldo da Silva, que expôs detalhes sobre a investigação da morte do jornalista bageense Tagliene...
Assista também:
Vídeo mostra acusado por morte de jornalista bageense momentos antes do crime
Clique Social

Coluna Social

“Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos...”
Antoine de Saint-Exupéry
 
Altruísmo em nome da arte
Piano Forte é o nome...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.