Bagé / RS, Domingo, 22 de Janeiro de 2017
Siga-nos:

Colunistas

Diones Franchi
Coluna: Cultura
Perfil: Jornalista
Cultura

Getúlio Vargas em Bagé

Getúlio Dornelles Vargas foi um advogado e político brasileiro que se tornou presidente da República. Foi também o líder civil da Revolução de 1930 que pôs fim à República Velha. Nasceu em São Borja, Rio Grande do Sul em 19 de abril de 1882, sendo filho de Manuel do Nascimento Vargas e de Cândida Francisca Dornelles Vargas, estancieiros na região da fronteira com a Argentina.
Quando jovem, sentiu-se atraído pela carreira militar e se alistou aos 16 anos. Em seguida, mudou de opinião e se matriculou na Faculdade de Direito de Porto Alegre, vindo a se formar em 1907. Em 1911, Getúlio Vargas se casou com Darcy Lima Sarmanho, com quem teve cinco filhos: Lutero, Getúlio, Alzira, Jandira e Manuel.
Foi nesta época que Getúlio iniciou sua carreira política. Em 1909, foi eleito deputado estadual e reeleito em 1913. Entre 1922 e 1926 ocupou uma cadeira na câmara federal.
Em 1926, o presidente Washington Luiz Pereira de Souza nomeou Getúlio ministro da Fazenda, cargo que deixou, em 1928, para tornar-se governador do Rio Grande do Sul.
Em 1930, perdeu a eleição presidencial para Júlio Prestes, mas alcançou o poder no mesmo ano, depois de protagonizar um golpe de estado com apoio do exército.
Foi presidente do Brasil em dois períodos. O primeiro período foi de 15 anos ininterruptos, de 1930 até 1945, e dividiu-se em três fases: de 1930 a 1934, como chefe do "governo provisório", de 1934 até 1937, como presidente da República do Governo Constitucional, tendo sido eleito presidente da República pela Assembleia Nacional Constituinte e,  como presidente ditador, de 1937 a 1945, durante o Estado Novo.
No segundo período, em que foi eleito por voto direto, Getúlio governou o Brasil por três anos e meio: de 31 de janeiro de 1951 até 24 de agosto de 1954, quando se suicidou. Getúlio era chamado pelos seus simpatizantes de “o pai dos pobres” frase bíblica e um dos títulos de São Vicente de Paula, título criado pelo seu Departamento de Imprensa e Propaganda - DIP -, enfatizando o fato de Getúlio ter criado muitas das leis sociais e trabalhistas brasileiras. Os seus seguidores eram denominados "getulistas” e as pessoas próximas o tratavam por "doutor Getúlio", e a população o chamava de "o Getúlio", e não de "Vargas".
Getúlio Vargas visitou Bagé em três ocasiões: na primeira vez em 10 de outubro de 1943, o presidente Vargas esteve visitando a Expofeira de Bagé, no Parque de Exposições da Rural, a Fazenda Experimental de Criação Cinco Cruzes, hoje Embrapa, e também a Estação Experimental Filotécnica, onde, na época, se aprimoravam os melhores tipos de trigo do Brasil. Sua segunda visita ocorreu em 27 de setembro de 1950, na condição de candidato à presidência da República pelo PTB e no cargo de senador. A terceira e última visita de Getúlio Vargas a Bagé aconteceu em 20 de setembro de 1953, agora, novamente, na condição de presidente da República. Nessa visita, o presidente foi recebido com grande festa e desfilou em carro aberto pelas ruas do município. Na ocasião, discursou novamente no Parque de Exposições da Associação Rural de Bagé, na inauguração da XVII Exposição Estadual de Animais e Produtos Derivados.
Praticamente um ano após sua visita a Bagé, o presidente Vargas cometeu suicídio,em 24 de agosto de 1954, com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal. Sua morte ainda é rodeada de polêmicas. É considerado o principal presidente da República na história do Brasil. A sua herança política é invocada por pelo menos dois partidos políticos atuais: o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Três municípios brasileiros homenageiam Vargas com seu nome: Getúlio Vargas, no Rio Grande do Sul; Presidente Vargas, no Maranhão e Presidente Getúlio, em Santa Catarina, além de vários monumentos, praças e ruas em sua homenagem pelo Brasil.
Em Bagé, existe uma avenida chamada Presidente Vargas, em homenagem ao presidente que proferiu belos discursos e teria dito, em sua passagem pelo município, as seguintes frases: “Terra de homens bravos e de mulheres belas – é esta a tradição de Bagé” e “Orgulho da fronteira sul-rio-grandense, o município de Bagé, com seus dourados trigais e as suas verdes pastagens, onde prosperam os rebanhos, demonstra as perspectivas que se abrem ao progresso deste rincão lindeiro”.
 
Fonte:
Taborda, Tarcísio - Getúlio Vargas em Bagé, 1983
Neto, Lira. Getúlio, 2012

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 27 resultados encontrados
  • 20/01/2017 - Cultura

    São Sebastião de Bagé

    São Sebastião, padroeiro de Bagé, é também o padroeiro dos militares e sua história ficou conhecida pelas atas romanas de sua condenação e martírio. Nessas atas, os escribas escreviam dando poucos detalhes sobre o martirizado e muitos detalhes sobre as torturas e sofrimentos causados a eles...
  • 13/01/2017 - Cultura

    O Visconde de Ribeiro Magalhães

    Antônio Nunes de Ribeiro Magalhães conhecido mais tarde como Visconde de Ribeiro Magalhães foi um dos grandes empresários e visionários da região de Bagé e do Estado. Nasceu em Portugal na Freguesiade Castelões de Cepedada cidade de Paredes, hoje região metropolitana do Porto, em 5 de Outubro de...
  • 28/12/2016 - Cultura

    Nossos personagens

    Na vida tudo passa, muitos momentos se tornam importantes e o que fica vai para a história. Assim são nossos personagens históricos, que eternizam seus feitos nos livros do tempo. Na verdade são pessoas que se eternizam através de um momento ou uma trajetória, tornando-se importantes para a...
  • 21/12/2016 - Cultura

    A lenda da erva-mate

    Conta a lenda que um velho guerreiro guarani vivia triste em sua cabana pois já não podia mais sair para as guerras, nem mesmo para caçar e pescar. Era cuidado por sua filha, uma bela índia chamada Yari, que o tratava com muito carinho, conservando-se solteira para melhor dedicar-se ao pai.
    Um...
  • 17/12/2016 - Cultura

    A lenda do umbu

    O umbu é uma árvore grande e folhuda que cresce no pampa. Muitas vezes é solitária, erguendo-se única no descampado, atraindo os campeiros, os tropeiros e os carreteiros que fazem pouso sob sua proteção.
    O tronco do umbu é muito grosso, as raízes fora da terra são grandes, mas ninguém usa a...
  • 10/12/2016 - Cultura

    General Neto – Um herói idealista

    Antônio de Sousa Netto foi um militar, considerado um dos mais importantes nomes da história do Rio Grande do Sul.  É reconhecido por ser um dos líderes da Revolução Farroupilha (1835 a 1845). Nascido no Povo Novo, distrito do município de Rio Grande, em 25 de maio de 1803. Era filho de...
  • 30/11/2016 - Cultura

    O Barão do Amazonas

    Francisco Manuel Barroso da Silva, conhecido como o Almirante Barroso e, mais tarde, como Barão do Amazonas, foi um militar da Armada Imperial Brasileira, que se destacou na história durante a Guerra do Paraguai ou Guerra da Tríplice Aliança. Foi o comandante que conduziu a Armada Brasileira na...
  • 21/11/2016 - Cultura

    Irmã Estefânia: a professora franciscana

    Hedwing Volkmer conhecida como Irmã Estefânia nasceu em Rio Grande em 28 de fevereiro de 1880. Realizou seu curso primário no Colégio dos Anjos em Porto Alegre. Logo após, concluiu o Curso de Humanidade em 1897.
    Aos 17 anos, assumiu os compromissos da castidade, da obediência e da pobreza por...
  • 14/11/2016 - Cultura

    Mãe Luciana: a caridade em nome de São Benedito

    Luciana Lealdina de Araújo conhecida como Mãe Luciana nasceu em 13 de junho de 1870, em Porto Alegre. Negra e filha de mãe escrava, Luciana era de elevada estatura e dotada de grande sensibilidade para com os pobres. Ainda jovem mudou-se com sua família para Pelotas, onde se deparou com a triste...
  • 25/10/2016 - Cultura

    A lenda do Monstro da Panela do Candal*

    Diziam existir, em Bagé, na Panela do Candal, localizado próximo à Catedral de São Sebastião, um monstro com a forma de uma grande cobra, que, há muito tempo, vivia tranquilo nos cerros do município.
    Nesse local havia um rio de respeito, grande e majestoso. Nesse rio, vivia um monstro que não...
Exibindo 1 a 10 de 27 resultados encontrados
  • Página de 3
Enquete

Com a crise econômica que assola o país, muitas das novas administrações municipais estão revendo o repasse e de recursos e a própria realização dos carnavais em suas cidades. Em Bagé, ainda há indefinição sobre o carnaval de rua deste ano. O jornal Folha do Sul pergunta ao internauta se é favorável à realização neste ano da folia, mesmo com as contas municipais apresentarem uma série de problemas já divulgados na imprensa.

  • NÃO. A cidade precisa, primordialmente, resolver problemas estruturais, como recuperação de vias e projetos, bem como nas áreas de saúde e segurança, por exemplo. A festa é válida, mas neste momento, o município deve focar em ações para a retomada de seu crescimento, com a festa retornando maior em 2018.
    ( 90% )
  • SIM. O carnaval é a grande festa popular da sociedade. Mesmo que o município esteja enfrentando uma crise, como outras do passado, não se pode negar um evento tradicional e cultural, mesmo que este seja realizado com maior simplicidade.
    ( 10% )
Ver resultado parcial
Quero votar
Clique TV
Show - Guri de Uruguaiana - Bagé
Assista também:
Operação "Lenhador" prende homem acusado de liderar o tráfico de drogas na região da Campanha

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.