Bagé / RS, Segunda-feira, 24 de Julho de 2017
Siga-nos:

Colunistas

Carlos Eduardo Brochado Machado
Coluna: Rural
Rural

Sustentabilidade ou simplesmente responsabilidade?

Ações humanas corriqueiras e empreendimentos complexos levados a cabo por séculos sem a devida preocupação com as suas consequências, hoje reconhecidas como impactos ambientais negativos, produziram e produzem, em inúmeras regiões do planeta, ambientes extremamente degradados, insalubres às populações que dele dependem e dele obtêm a totalidade de seus recursos. Existe associação entre o paradigma inconsequente da exploração desmedida e uma sociedade alienada que ampara este modelo de desenvolvimento suicida, desde que lento o suficiente para deixar para os que estão por vir os maiores sacrifícios.
Hoje, há conhecimento acumulado e recursos para reverter essa lógica, mas o que parece faltar, por distintas razões, é justamente interesse para mudar esse paradigma ou esse modelo. Quem luta para sobreviver não tem condições de atuar de forma a conservar a biodiversidade ou a qualidade da água e do ar, ou tem? Dentre as metas do milênio da ONU, a redução da pobreza encabeçava uma lista de oito prioridades. Hoje já se fala em erradicar a pobreza como forma de conservar o planeta. A ferramenta primeira para a erradicação da pobreza, na opinião de muitos, da qual compartilho, é a educação de base. Até lá, ações emergenciais devem ser tomadas para desenvenenar a terra, parafraseando Eduardo Galeano. Atacar a causa e a consequência concomitantemente. Nada fácil. A elaboração e a viabilização da aplicação dessas ações é dever do governante, mas também do cientista e, em última análise, do cidadão. Como não podemos (e não devemos) transformar o planeta em uma unidade de conservação, temos a obrigação de transformar as nossas atividades econômicas. Torná-las mais que sustentáveis, “lucrativas” ao meio ambiente. É possível imaginar empreendimentos que só produzam impactos positivos? Não, não é. Mas sonhar em viabilizar o que hoje é considerado inviável leva à inovação, a soluções criativas. Um famoso geneticista disse uma vez que “a natureza sempre encontra uma maneira”. Quase que inacreditavelmente vivemos hoje um dos períodos mais longos de paz no planeta, 70 anos, ao menos sem conflitos diretos entre as nações mais poderosas. Cooperação científica e difusão de informações em níveis inimagináveis há algum tempo são, hoje, realidade. É nossa obrigação, ao passar o bastão às próximas gerações, encaminhar as soluções dos problemas pelos quais somos responsáveis.

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 11 resultados encontrados
  • 17/09/2015 - Rural

    Água e governança

    Estima-se que aproximadamente 1/3 da população mundial viva em regiões com escassez de água causada por degradação ambiental ou por se tratar de regiões áridas ou semiáridas, como Norte da África e Oriente Médio. Mesmo detentor de uma grande parcela da água doce disponível nos mananciais...
  • 10/09/2015 - Rural

    Economia sustentável? Ainda não

    A busca pela sustentabilidade na economia ainda ocorre em ritmo lento, seja para garantir a viabilidade de uso dos recursos naturais, seja para proteger os recursos ambientais e seus serviços, ou mesmo a sustentabilidade dos próprios negócios, visto que todos dependem do ambiente como fonte de...
  • 03/09/2015 - Rural

    Esforço pela sustentabilidade

    Os ambientalistas tem razão ao exigir mais restrições aos processos produtivos, tendo em vista as consequências nefastas observadas em tantos ecossistemas, inclusive com impactos ambientais negativos em escala mundial, cada vez mais presentes no cotidiano de qualquer um. Entretanto, esses...
  • 27/08/2015 - Rural

    Regime de proteção das áreas de preservação permanente

    O “Novo Código Florestal” - Lei Federal 12.651, de 25 de maio de 2012, em seu capítulo II, trata das Áreas de Preservação Permanente. Na seção I dele, as APPs são definidas e caracterizadas e na seção II aborda o “regime de proteção” das mesmas, ou seja, quais as obrigações dos proprietários...
  • 20/08/2015 - Rural

    Área rural consolidada e uso alternativo do solo

    A lei federal 12.561, de 25 de maio de 2012 define, entre outros, dois importantes conceitos para a implantação do Cadastro Ambiental Rural no país, o de área rural consolidada e de uso alternativo do solo.
    O inciso IV do art. 3° define área rural consolidada como: “área de imóvel rural com...
  • 13/08/2015 - Rural

    Programas de Regularização Ambiental (PRA)

    A lei federal 12 651 de 2012 criou o instrumento chamado de PRA – Programas de Regularização Ambiental, de forma a funcionar em conjunto com o Cadastro Ambiental Rural e de forma complementar a este. Como Regularização Ambiental entende-se “atividades desenvolvidas e implementadas no imóvel...
  • 06/08/2015 - Rural

    Cotas de Reserva Legal

    A lei federal 12 651/2012 Novo Código Florestal Brasileiro faculta aos proprietários cadastrados junto ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) a possibilidade de estabelecer cotas de Reserva Legal (caso seja do seu interesse) desde que atendidas algumas condições.
    O que são as cotas de Reserva Legal?...
  • 30/07/2015 - Rural

    Reserva Legal

    De acordo com a legislação vigente todo imóvel rural deve manter um percentual mínimo de vegetação nativa, conforme o bioma onde se localize a propriedade. Na Amazônia Legal (estados da região Norte mais Maranhão, Tocantins e Mato Grosso) esses percentuais podem chegar a 80% da propriedade em...
  • 23/07/2015 - Rural

    MP contesta decreto que regulamenta(va?) o CAR no Pampa

    O Ministério Público do Rio Grande do Sul, através da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Capital, ingressou, na segunda-feira, 20, com ação civil pública contra o Estado do Rio Grande do Sul. O objetivo é, segundo o MP, de “assegurar a proteção jurídica para o Bioma Pampa”. O...
  • 16/07/2015 - Rural

    Área de Preservação Permanente na propriedade rural

    As Áreas de Preservação Permanente - também conhecidas pelo acrônimo APP -, são áreas protegidas pela lei 12.651, de 2012, com “função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade, facilitar o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo...
Exibindo 1 a 10 de 11 resultados encontrados
  • Página de 2
Clique TV
Delegada apresenta detalhes sobre investigação de morte de jornalista bageense
Confira trecho da coletiva de imprensa concedida na manhã de hoje, pela delegada Roberta Mariana Bertoldo da Silva, que expôs detalhes sobre a investigação da morte do jornalista bageense Tagliene...
Assista também:
Vídeo mostra acusado por morte de jornalista bageense momentos antes do crime
Clique Social

Coluna Social

  “A sensibilidade é fonte de dores e prazeres. Quem a possui, considere-se agraciado por dispor de um poderoso instrumento evolutivo”. MP
 

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.