Bagé / RS, Sábado, 17 de Novembro de 2018
Siga-nos:

Colunistas

George Teixeira Giorgis
Coluna: Opinião
Opinião

A educação dos filhos

Advogado

Em nossos tempos de guri e menino os filhos ostentavam sempre obediência e respeito aos seus genitores. Idêntico comportamento perante professores e professoras. Os faltosos eram admoestados e punidos, particularmente nos colégios. Sempre havia estudantes vadios e descendentes desobedientes. Mas o castigo vinha em seguida. E, muitas vezes, os próprios colegas desprezavam a companhia dos mesmos, que resultavam isolados (e sem apreço) de parte dos circunstantes e dos amigos. Ressalte-se que, em décadas passadas, em nossos anos de colegial e de acadêmico, estudava-se muito mais do que hoje. E os mestres sabiam impor a disciplina, algo que rareia hoje em dia. A TV, o telefone celular, o tal de “facebook” vêm acabando com o discípulo aplicado, pois este vai “descambando” para uma espécie de “comportamento simplório”, o que muito se lastima.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
DIVERSAS – Três vias, que desembocam na Av. Santa Tecla, encerram nomes de cidadãos que foram muito estimados em Bagé: a) “Rua Dr. Hipólito Lucena”, advogado, poeta e prosador, que morava na Av. Tupi Silveira perto da esquina da Rua Cel. José Otávio; b) “Rua Amaro Robaina Corrêa”, funcionário da antiga Exatoria Estadual. Foi Secretário Municipal de Obras Públicas (na gestão interina do Dr. Abib Ieffett) e vereador pelo PTB. Uma pessoa de magnânimo coração; a) “Rua Dr. Iwar Beckmann”, geneticista sueco, trazido pelo governo Getúlio Vargas para atuar em Bagé, na Estação Fitotécnica da Fronteira, onde liderou pesquisas de magna valia para a agricultura brasileira, tudo com ressonância internacional. Aos sábados à tarde era visto jogando “xadrez” na antiga biblioteca do Clube Comercial. -*-*-*- Segundo o art. 5º de nosso Código Civil, no Brasil a menoridade cessa aos dezoito anos. Todavia, se o moço (ou a moça) já tiver dezesseis anos completos seus genitores poderão comparecer a um Tabelionato e efetuar uma escritura pública de “emancipação”, cessando aí a incapacidade civil do favorecido. -*-*-*- Em companhia de nosso presidente da OAB, Dr. Marcelo Godinho Marinho, estivemos em visita à “Escola Municipal Profª Creusa Brito Giorgis”, no loteamento Ivo Ferronato, para doarmos mais uma pilha de livros de minha falecida mulher para a biblioteca do educandário. Tudo recebeu a vice-diretora, que nos mostrou que as dependências do educandário estão em perfeita ordem e com dita biblioteca em etapa de montagem racional. -*-*-*- A obra “Dicionário Político do RGS” (1.821 a 1.937), organizada pelo douto escritor Dr. Sérgio da Costa Franco (que ele nos presenteou em 2.010), proporciona-nos sucintas biografias de personalidades gaúchas eminentes, que se distinguiram (no passado) no cenário político e literário de nosso Estado. São 222 páginas. Às pgs. 71, lê-se que Félix da Cunha viveu pouco (1.833 a 1.865). Formado em Direito, foi poeta e jornalista. Era muito ligado a Silveira Martins e ao General Osório. Foi “deputado provincial” e “deputado geral” (expressões da época). Organizou o Partido Liberal no RGS. Já Rodrigues Lima (Francisco) era gaúcho de São Borja. Lutou contra Oribe e Rosas e participou da Guerra do Paraguai. Defendeu o governo central na Revolução Federalista de 1.893. Foi perseguidor (na contenda) de Gomercindo Saraiva. Foi deputado estadual no RGS na legislatura 1.901/1.904. Venâncio Ayres, falecido em Santo Ângelo em 1.885, era formado em Direito (em São Paulo). Nascera lá. No RGS fixou-se em Cruz Alta, passando também ali a jornalista e vereador. Foi tio do senador Pinheiro Machado e fundador do Partido Republicano Riograndense, sendo o primeiro diretor de “A Federação”, jornal oficial de dita agremiação castilhista, editado em Porto Alegre. Seu nome completo = Venâncio de Oliveira Ayres. -*-*-*- O Uruguai proclamou sua independência em 1.825, após muita peleja. A Argentina conseguiu a independência em 1.810. Nós tal alcançamos, com Dom Pedro Iº, em 1.822, como bem sabido. -*-*-*- Comerciantes (em geral) queixando-se de que, neste 2.018, valores de ISSQN, taxas diversas, alvarás, etc., na Municipalidade, ascenderam a níveis absurdos e insustentáveis. Será verdade?

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 158 resultados encontrados
  • 15/11/2018 - Opinião

    Diversas

    A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é reputada como um dos valiosos atos legislativos da ditadura getuliana. Trata-se do decreto-lei nº 5.452, de 01/05/1.943. E sua estrutura mantem-se sólida embora tenham havido alterações e atualizações aqui e ali. O Dr. Getúlio Vargas, na época de seu...
  • 08/11/2018 - Opinião

    Diversas

    A fixação do pecuarista e líder rural do RGS Dr. Gedeão Silveira Pereira na direção-mor da Farsul é uma honra suma para Bagé, pois predicados e méritos, para tanto, não lhe faltam. -*-*-*-*-*-*-*-*-*-*- Houve “um rejuvenescimento” no trato para com os canteiros centrais nas ruas e...
  • 01/11/2018 - Opinião

    Diversas

    Finda a eleição e apurados os votos, teremos (em breve) novo presidente da República e novo governador do Estado. Para este último cargo, a partir de janeiro veremos um jovem filho de Pelotas administrando desde o Palácio Piratini. Penso (salvo erro ou esquecimento) que será a vez primeira que a...
  • 25/10/2018 - Opinião

    Diversas

    Toda pessoa que casar com mais de setenta (70) anos obrigatoriamente deverá fazê-lo pelo regime de separação de bens, como o Código Civil Brasileiro determina (art. 1.641 – II). Se um genitor castigar imoderamente o filho ou deixá-lo em abandono poderá perder “o poder familiar” por ato judicial...
  • 18/10/2018 - Opinião

    Diversas

    Lembrando o passado, em janeiro/2.003 grande festa nos salões da Associação Rural, solenizando os noventa anos de nossa antiga amiga (e cliente) dona Maria Muñoz Jacintho, que, em primeiras núpcias, era dona Maria Muñoz Medici. Seus esposos, respectivamente, foram o médico Dr. Nicanor Peña...
  • 11/07/2018 - Opinião

    O inverno em Bagé

    O inverno em Bagé sempre foi terrível. Estamos ainda a lembrar nossos tempos de ginásio, no Colégio Auxiliadora, quando, bem cedo da manhã, nossos pais nos chamavam, serviam-nos o café com leite, pão e manteiga e nos enviavam para o Auxiliadora. Vestia-se o uniforme amarelo, o talabarte, os...
  • 27/06/2018 - Opinião

    Dom Gílio, o bispo

    Dom José Gomes, o primeiro bispo que veio povoar nossa Diocese, possuía tipo físico impressionante. Era orador pronto para qualquer solenidade religiosa, civil ou cívica. Falava e logo agradava. Infelizmente, porque se posicionou (certa vez) a favor de uma reforma agrária efetiva e justa, daqui...
  • 13/06/2018 - Opinião

    Perdas a lamentar

    A morte humana sempre desponta e chega. Às vezes é esperada (e, sob certa forma, quando o ente está a sofrer em desespero e sem cura). Quando acontece em idade avançada até se agradece a Deus por nos ter propiciado tanto tempo de convivência com o extinto.
             Bagé, na semana pretérita,...
  • 30/05/2018 - Opinião

    Diversas

    A greve, no final da semana ida, “atrapalhou” o país! Os prejuízos econômico-financeiros foram incontáveis e imensos. O direito de greve precisa ser revisto. -*-*-*- O lançamento da nova obra histórica do Dr. Lemieszek movimentou a noite bageense. Fernando Antônio leu mensagem sugestiva do Dr....
  • 16/05/2018 - Opinião

    Diversas

    Nesta noite, a tradicional e histórica Sociedade Uruguaia de Socorros Mútuos (há pouco revivida) abrirá suas portas para que o nosso venerando colega Dr. Inácio Severo autografe, para os amigos, seu livro mais recente “Novos apontamentos sobre restos de verdade”. Como sabido, a antiga entidade...
Exibindo 1 a 10 de 158 resultados encontrados
  • Página de 16
Clique TV
Óptica Bagé - Dia dos Pais
Assista também:
Santa Edwiges - Dia dos Pais
Clique Social

Coluna Social

“Notas não medem inteligência da mesma forma que idade não define maturidade.”
@fórmuladaconfiança
 
B’day no abelhão!
Faltando um ano para...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.