Bagé / RS, Segunda-feira, 24 de Julho de 2017
Siga-nos:

Colunistas

César Jacinto | Bagé/RS
Coluna: Opinião
Opinião

Um ano de muitas tormentas

Afinal de contas, é o tempo que passa ou somos nós que passamos? Nossos movimentos influenciam Cronos, ou ele é quem determina nossas movimentações? As ações são voluntárias ou involuntárias? O destino existe ou o compomos paulatinamente a partir de interações? São tantas perguntas que nem sempre encontramos as respostas adequadas ou pretendidas. O que parece não mudar são as reflexões do que encerra e as projeções do que está por vir. O ano de 2016 foi revelador e confirmador na política nacional, os escândalos proliferaram e, nunca antes na história desse país, foram realizadas tantas denúncias, prisões e condenações de políticos carreiristas e empresários da propina. A consolidação da operação Lava Jato tornou-se o calcanhar de Aquiles para os corruptos e corrompidos desse país. A deposição de Dilma Roussef, num julgamento político pelo Congresso, e a ascensão de Temer assinalaram um período de transição turbulenta, mostrando que corruptos continuam ocupando importantes espaços no planalto. A suprema corte brasileira, em alguns momentos, não representou os desejos da população e tomou decisões pelo menos duvidosas. No cenário internacional, o ano que encerra deixa um saldo extremamente negativo para a humanidade. Atentados terroristas em diversos países europeus, como França e Alemanha, conflitos entre nações, principalmente na Ásia, além de guerras étnicas em alguns países, ocasionando uma ação avassaladora de refugiados, tentando chegar aos destinos mais seguros, porém, a insensibilidade de governantes pelo mundo, acabaram frustrando tais iniciativas, principalmente na Europa. A tragédia que vitimou os jogadores e comissão técnica da Chapecoense, jornalistas e tripulação, abalou o planeta e foi uma entre tantas que ocorreram no planeta, muitas delas causadas por negligência, às vezes por imperícia, outras por imprudência e, em alguns casos, pela combinação dos três, que poderiam ter ser evitados, salvando a vida de milhares de pessoas nesse fatídico ano que encerra.
As previsões são extremamente evasivas e buscam explicar o irreal, por outro lado, numa análise contextual, espera-se um ano de 2017, tanto no campo político e econômico, com muitas dificuldades no país, influenciando o recuo de investimentos em diversas áreas. A preocupação é que os programas sociais sejam afetados e a população vulnerável pague pelos desacertos da economia. Oxalá nos proteja nessa próxima jornada.

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 175 resultados encontrados
  • 20/07/2017 - Opinião

    Nos 206 anos de Bagé, a homenagem aos invisibilizados da terra do índio Ibagé

    Bagé não é constituída somente por fatos e personalidades descritos no decorrer dos anos na historiografia hegemônica caucasiana, que valoriza preferencialmente as contribuições de povos europeus e seus descendentes, gerando um processo excludente de outros sujeitos pertencentes a outros grupos,...
  • 13/07/2017 - Opinião

    Oposição responsável é salutar para a democracia!

    Este é um país que passou boa parte de sua história convivendo com regimes antidemocráticos e que legitimou ações ditatoriais que criaram uma cultura de ausência de busca consensual; além de uma política fracionada, baseada, muitas vezes, no ódio e no desconsiderar as realizações anteriores....
  • 06/07/2017 - Opinião

    Um reino encantado muito distante, sórdida ilusão, retrato da realidade!

    Numa época remota, mas remota mesmo, num reino encantado muito, mas muito distante... habitado por um povo simples e trabalhador, mas governado por tiranos intocáveis e poderosos, que manipulavam todas as decisões daquela corte, com intuito de beneficio próprio ou para os amigos e as amigas dos...
  • 29/06/2017 - Opinião

    Diga não à corrupção

    Em tempos de desespero, de desolação, nem tudo está perdido, costuma-se dizer e repetir. O Brasil certamente tem jeito e pode se tornar um país melhor, com menos falcatruas, resultado de uma população conscientizada que não aceite a desonestidade, que lhe é oferecida cotidianamente. Cada um de...
  • 22/06/2017 - Opinião

    Os despejos nossos de cada dia

    Algumas frases cunhadas pela sabedoria popular, além de virarem jargões, determinaram, ainda que indelével e implicitamente, lugar de sujeitos e suas respectivas marcas e demarcações identitárias num contexto contemporâneo. Alguns também foram sendo reconstruídos pelas contribuições do povo para...
  • 15/06/2017 - Opinião

    O fortalecimento dos trabalhadores através da luta sindical

    Parece que o momento em que vivemos representa um retrocesso nas conquistas que os trabalhadores experimentaram com legislações como a Consolidação das Leis Trabalhistas, amparadas posteriormente por convenções da OIT (Organização Internacional do Trabalho) e a promulgação da Constituição...
  • 08/06/2017 - Opinião

    A organização e os movimentos para um Brasil mais justo

    O Brasil tem, nos seus diversos momentos históricos, a organização popular como uma importante ferramenta de proposição de ações, que propiciaram a luta por justiça e direitos pela igualdade num país que sempre foi marcado pela desigualdade e, em determinadas épocas, pela exclusão. Foram jovens,...
  • 01/06/2017 - Opinião

    Numa sociedade capitalista, o seu problema não é maior do que os coletivos!

    Viver num país de economia emergente, como preferem na nomenclatura mais atual, ou como cresci ouvindo que o Brasil é um país subdesenvolvido, aliás, prefiro o segundo termo, pois baseado na extrema desigualdade social vigente neste país há mais de 500 anos, certamente é mais apropriado. A...
  • 18/05/2017 - Opinião

    A consolidação dos Neabis da Unipampa e as políticas afirmativas

    A consolidação de uma política pública de igualdade racial no país é fruto de uma extensa agenda do movimento social negro brasileiro que tem origem em organizações como a Frente Negra Brasileira (FNB), uma articulação que tinha como principal objetivo a organização de um partido político, mas...
  • 11/05/2017 - Opinião

    Sansão venceu Golias

    A vitória de um time do interior do Rio Grande do Sul, num estado em que o futebol é bipolarizado entre duas forças que se constituíram historicamente antagônicas, deve ser analisado muito além da análise técnica, tática ou física, que compõe o tripé para o bom funcionamento de uma equipe de...
Exibindo 1 a 10 de 175 resultados encontrados
  • Página de 18
Clique TV
Delegada apresenta detalhes sobre investigação de morte de jornalista bageense
Confira trecho da coletiva de imprensa concedida na manhã de hoje, pela delegada Roberta Mariana Bertoldo da Silva, que expôs detalhes sobre a investigação da morte do jornalista bageense Tagliene...
Assista também:
Vídeo mostra acusado por morte de jornalista bageense momentos antes do crime
Clique Social

Coluna Social

  “A sensibilidade é fonte de dores e prazeres. Quem a possui, considere-se agraciado por dispor de um poderoso instrumento evolutivo”. MP
 

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.