Bagé / RS, Sábado, 19 de Agosto de 2017
Siga-nos:

Colunistas

PUBLICIDADE
Lúcia Gomes | Porto Alegre/RS
Coluna: bage@poa.com
Perfil: Formada e pós-graduada em Artes, carrega consigo a experiência de ter vivido na Europa com a do trabalho na TV, rádio e jornal tanto no Rio Grande do Sul quanto em Santa Catarina. Retorna a sua cidade natal, trazendo como bagagem toda uma vivência cultural revertida agora no seu trabalho como colunista deste jornal, marchand, produtora cultural da AZ Galeria de Arte e diretora da Biblioteca Municipal Doutor Otávio Santos.
bage@poa.com

bageensemundoafora@poa.budva.com


Com arte e no melhor estilo, inicio nosso papo de hoje, mostrando o sucesso que foi o vernissage de Angela Zaffari, no Margs!!!! A convite de nosso conterrâneo, Paulo Amaral, e com curadoria de Leticia Lau e Ana Zavadil, Angela mostrou no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, uma nova fase de seu trabalho. Um abstrato que vai para o figurativo. É a primeira vez que vejo, aliás, ainda não vi, tenho que ir a Poa para assistir esta mudança, se é que assim se pode dizer, de perto. Estou curiosíssima!
Porto Alegre das artes se fez presente na exposição, mostrando com isto o alcance da obra de nossa artista. Digo nossa, porque apesar de porto alegrense,  fez de Bagé seu chão para seu fazer artístico e para contribuir de maneira incrível com a cultura da cidade com sua AZ Galeria. Obrigada Angela! E, PARABÉNS!!!

Note - fotitos
As fotos no Margs, levam, na maioria a assinatura do genial fotógrafo Nilton Santolin, do site Deu o Chic, do querido amigo Vitor Raskin, quem sempre me autoriza usa-las, e algumas by Cris Blotta, também parceira desta coluna. Obrigada meus queridos!

Das fotitos
Hoje, claro que a mostra "Do quadrado à paisagem", tomou conta da coluna! Muita e muita gente conhecida por lá!!!
Depois, pequenos flashes lindos, da estada de Lilika Mattos e Rodrigo pela Itália onde vão passar alguns meses e da visita de Sylvia Salles e Chicão Grillo à Iarinha Grillo Santos e família, na Alemanha onde residem.

E, conforme prometido, mais um pouco da genial trip de 17 dias de Ricardo e Graça Lugris by motorcycle
"Para deixar a Bósnia, mais precisamente a Herzegovina, cuja capital é a torturada Mostar, com destino ao Montenegro, o caminho natural a ser tomado é através do sul da Croácia, por Dubrovnik.
Seria a estrada mais turística e mais frequentada que nos levaria invariavelmente a ter que enfrentar engarrafamentos em Dubrovnik, onde ja estivemos anteriormente, uma fila na fronteira com o Montenegro e, sem dúvida outro engarrafamento na bela e muito célebre, Kotor, outra jóia na costa do pequeno país debruçado sobre o Adriático, que visitamos também em 2002.
Assim, como temos uma boa imaginação e gostamos de curvas e montanhas, após estudar um pouco o mapa, descobri uma passagem um pouco mais a leste, onde seguramente não teríamos muito movimento na estrada e conseguiriamos evitar toda a “muvuca” da estação de férias no litoral sul da Croácia e no norte do Montenegro.
Mal poderia imaginar eu que esse dia se tornaria uma pequena aventura onde fomos obrigados finalmente a usar de toda nossa experiência para poder chegar ao final da tarde à fotogênica e densamente frequentada, Budva.
A Bósnia, como já comentei anteriormente, é, apesar de sua limitada dimensão territorial, uma federação de Repúblicas, mais ou menos unidas.
A estrada que escolhemos deixa a Herzegovina e nos obriga a cruzar a República Sérvia da Bósnia ou, como é conhecida localmente Republika SRPSKA.
SRPSKA? Sinceramente, acho que essa república foi fundada por radicais que evidentemente não gostam de vogais nas palavras...
No caminho, ainda na Bósnia a poucos kms ao sul de Mostar fizemos uma pausa em um mosteiro Alevista, uma corrente mística muçulmana onde seus monges praticam a meditação através dos movimentos contínuos de dança, aos moldes do Sufismo na Turquia.
Como teriamos que retirar as botas na entrada do mosteiro, decidimos não visitá-lo internamente e simplesmente nos contentamos em admirar o belo lugar, a nascente de um rio, totalmente tomado por restaurantes em suas duas margens, sem chances para a estética e a natureza.
Continuando nossa progressão nesse dia, o terreno começa a se elevar e vamos nos aproximando da fronteira.
Em um determinado momento, um policial ao lado de sua viatura nos faz sinal para diminuir a velocidade. Confiro meu velocímetro e constato que estou bem aquém da velocidade permitida, portanto o sinal do policial permanece um mistério para mim por alguns minutos.
O trânsito se detém no topo da montanha e percebo a densa núvem de fumaça que parece vir da própria estrada.
Imediatamente identificamos caminhões e pessoal dos bombeiros que tentam debelar um agressivo fogo nas montanhas.
Há alguns dias fez quase 50 graus de temperatura na região e, apesar de hoje estarmos na casa dos 28 graus, a vegetação e os bosques de pinheiros estão muito secos, favorecendo uma rápida e perigosa combustão.
Sem saber ao certo a extensão do fogo, decido ultrapassar os carros que circulam diante de mim pois a fumaça começa a se tornar verdadeiramente sufocante, mesmo depois de termos fechado nossos capacetes.
A coisa dura uns cinco minutos até que descemos a montanha e o ar se torna respirável novamente.
Confesso que foi uma experiencia bastante angustiante. Eu tinha vivido algo semelhante na Sibéria em 2015 mas não com toda essa intensidade.
Algumas labaredas estavam tão próximas de nós que pudemos sentir o calor intenso ao passar com a moto, apesar da velocidade.
Em alguns quilômetros chegamos a uma deserta fronteira a quase mil metros de altitude, onde os policiais montenegrinos apenas se interessaram pela carta verde do seguro da motocicleta e pela capa de nossos passaportes.
Para evitar a cidade de Kotor e seu belo fiorde, decidi tomar um caminho pelas montanhas que acabou fazendo jus ao nome do país que passamos a visitar.
Ora, se este país fosse plano, provavelmente poderia se chamar de “Planíces Brancas”, ou algo assim.
Na verdade, como esta terra tem o nome de Montenegro, é porque ninguém aqui duvida de seu relevo.
A estradinha que escolhemos foi se estreitando até que ficou reduzida à largura de apenas um automóvel. Sem proteções nem guard-rails, fomos costeando barrancos de mais de 500 m de altura que, em função da apreensão de minha co-piloto e fotógrafa da viagem, houve um certo desleixo em fazer fotos desse trecho, perfeitamente desculpável, obviamente.
Nos 70 km que durou essa fascinante porém traiçoeira estrada, cruzamos com 5 carros no sentido oposto ao nosso.
Os três primeiros, encontramos em curvas e o único recurso foi frear a moto pois não havia mesmo espaço para nós dois.
A adrenalina nesse momento subia como termômetro de sauna...
Graça, sem dúvida alarmada com o possível risco de irmos procurar amoras no fundo de uma pirambeira no Montenegro, prometeu-me abandonar sua fidelidade às nossas viagens em moto para mostrar seu descontentamento com o risco.
Felizmente, os dois outros carros que cruzamos foram em trechos retos onde pudemos, com tempo, deter a moto ao lado da estrada e deixar passar o nosso adversário.
A estradinha dá lugar a uma ampla pista recém construída com a largura suficiente para um cego viajar de moto.
Mal temos tempo de apreciar a nova estrada e sua paisagem quando encontramos um furgão de uma companhia de construção de estradas atravessado bloqueando a passagem.
Aproximo a moto e pergunto ao motorista o que sucede. Ele, teatralmente, me diz:
Road, stone, bum! 2 hour!
Entendi que estavam dinamitando uma rocha e que deveriamos esperar duas horas até que os escombros fossem retirados.
Apanho da bolsa do guidão um par de barras de cereal e lhe ofereço, o que ele aceita com prazer.
Na verdade, tivemos que esperar somente 30 minutos pois ele decidiu que a moto poderia passar no trecho em obras, apesar da presença de caminhões e escavadeiras, o que fizemos com um pequeno grau de esforço pela instabilidade da superfície do terreno.
Apesar dessas relativas dificuldades em um dia que deveria ser de puro passeio, a vista de Budva, sua baía e sua cidade antiga desde o topo das montanhas, nossa opção de caminho que soube nos premiar no final com essa paisagem de tirar o fôlego.
Chegamos finalmente ao apartamento que alugamos, onde permaneceremos por dois dias como simples turistas.
Duas horas depois, ao tentarmos nos instalar em duas confortáveis cadeiras na praia, o jovem responsável pelo aluguel das mesmas nos pergunta de onde éramos.
Eu disse, de onde você acha?
Ele: Finlândia, Suécia?
Eu ri, e disse: Mais ao sul.
Ele completou: Holanda?
Seguramente isso tem tudo a ver com nosso escasso bronzeado.
Vamos tentar corrigir esse ponto nos próximos dias em que estaremos curtindo as águas límpidas do Adriático e suas praias de pedrinhas, entre Budva e Urcinj, antes de passar para a Albânia, um totalmente novo capítulo na geografia de nossa motocicleta."

E para encerrar...
Ficando hoje por aqui, desejo uma semana linda para todos, com a felicidade de quem, em breve, muito breve, contará com mais um parceiro comercial neste espaço!!! Beijo grande e ate a próxima! 

PUBLICIDADE
Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 232 resultados encontrados
  • 14/08/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@madrid.istambul.com

    Direto e sem escala vamos iniciar a página de hoje por Barcelona... É por lá que estão Cecília Fonseca e seu namorado Marcelo Doernte Lescano, empresário porto alegrense da área de finanças. O casal está fazendo uma Eurotrip, que iniciou em Portugal e que vai seguir pela Espanha onde irão...
  • 29/07/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@dublin.mostar.com

    Gente, retornando ao meu espaço aqui no site do Folha do Sul, com muito carinho, com muita saudade de vocês, mas confesso, em câmera lenta... O que farei daqui p'ra frente, até voltar ao meu ritmo normal? Vou "viajar" com vocês, nas viagens de nossos bageenses que vivem mundo a fora, e que me...
  • 29/05/2017 - bage@poa.com

    bageensemundoafora@moscou.varsovia.com

    Depois de duas semaninhas afastada deste espaço, volto com energias redobradas!!! Vontade de colocar nossos papos em dia e poder contar o que nossos bageenses andam "aprontando" mundo afora, inclusive aqui pela terrinha!!!
    Pelas fotitos de hoje, vocês vão ver que esta coluna estava pronta para...
  • 29/04/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@france.ireland.com

    Hoje, mais uma coluna direta e sem escala...
    Vésperas de dia do trabalho, agradeço a Deus pelos trabalhos que tenho, desejando que todos possam conseguir fazer o que realmente gostam, com dedicação e amor como privilegiada que sou...
    Beijo grande no coração de cada um e minhas orações para...
  • 10/04/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@bangkok.newyork.com

    Olá gente querida! Tudo bem? Parece que as coisas melhorando, não é? Não tenho do que me queixar... Só a agradecer,  sempre... Graças a Deus!
    Bom, vamos lá, direto e sem escala...

    Vamos iniciar nossa viagem direto de nossa terrinha...
    Muitos acontecimentos por aqui. E comme d'habitude, na...
  • 27/03/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@madridroma.com

    Inicio nosso papo de hoje, com uma das sensacionais dicas de arte de nossa internacional escultora Glória Corbetta. Comme d'habitude, ela utiliza as redes sociais para informar!!! Como poucos, Glorinha divide seus conhecimentos!!! Uma entre tantas qualidades que a linda e carismática Glorinha...
  • 13/03/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@barcelonaquebec.com

    Depois de uma semana de muuuito trabalho à frente da Biblioteca Pública Municipal de Bagé Doutor Otávio Santos e de estar muuuuito feliz com os resultados deste trabalho que tanto está me realizando, volto as páginas deste site para dar uma espiadinha no que nossos bageenses andam fazendo mundo...
  • 04/03/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@laponiaberlim.com

    E o Carnaval passou... Agora o ano inicia para muitos!!! A coluna entrando em ritmo normal, quer dizer, mais ou menos... Mas na próxima semana. com certeza!!!
    Muitas e muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo e adorando o novo desafio na Biblioteca Pública Otávio Santos. E por temperamento e...
  • 18/02/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@ milanonice.com

    Hoje, o mimosíssimo Martim Fogaça, que faz posts incríveis, me concedeu o privilégio de enriquecer minha página com esta maravilha...
    Nesse período eu troquei de emprego três vezes em três áreas/funções diferentes, mas não fui demitido de nenhum. Me aproximei da culinária e me apaixonei. Morei...
  • 11/02/2017 - bage@poa.com

    bageensesmundoafora@puntadelestemiami.com

    Muito mais que falar, mostrar... Minha linguagem sempre foi visual... E, acredito, sempre será... Iniciando mais um desafio na minha vida, assumi semana última a direção da Biblioteca Pública de Bagé, a convite do Secretário de Cultura Fabiano Marimon, a quem não cansarei de agradecer pela...
Exibindo 1 a 10 de 232 resultados encontrados
  • Página de 24
Clique TV
Técnico e jogadores do jalde-negro convidam torcida para a decisão da Segunda Divisão
No domingo, no Pedra Moura, o jalde-negro bageense tem seu jogo decisivo contra o Internacional, valendo o título da Segunda Divisão de 2017. No vídeo, o técnico Geverton Duarte e atletas fazem um...
Assista também:
Campanha busca lar para cães adultos atendidos pelo NBPA
Clique Social

Aplausos

Divulgação/FS

CONVITE em francês e português, vernissagem no Museu do Louvre, Paris, dia 20 de outubro, das 20h às 22h. CRISTINA SALIS MADRUGA, artista...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.