Bagé / RS, Domingo, 16 de Junho de 2019
Siga-nos:

Colunistas

Edgar Muza | Bagé/RS
Coluna: Política
Perfil: Radialista, comentarista de política e de notícias de geral. Liderança reconhecida nas áreas de saúde e de Carnaval.
Política

Não quero falar com vocês! Tenho dito!

A democracia e o cargo público exercido pelo voto da população mostram realmente a personalidade do eleito. Sem mal comparar, mas comparando, é igual ao “borracho”. O cidadão alcoolizado toma certas atitudes que sóbrio jamais deixou transparecer. Quantas pessoas simpáticas, que aparentam educação, após ingerir bebidas alcoólicas se transformam. Ou se tornam pessoas sorridentes em demasia, ou passam a ser grosseiros, desbochados, irritantes, chatos e provocantes. O mesmo acontece com alguns políticos. Para defender suas ideias apelam imediatamente para a “ignorância”. Tornam-se ofensivos, ditadores e donos da verdade. A intenção, em primeiro lugar, é ofender a mídia, sempre que o comentário a respeito de suas ações não lhes agradar. Gostam de dar entrevista e estar na mídia, mas não gostam de perguntas “picantes” que ponham dúvidas em suas decisões. Se ofendem e partem para o ataque. São políticos gerados pela ditadura. E aqui não é defesa a todos os meios de comunicação. Temos também nossa parcela de culpa ao concordarmos com pauta dos assessores de imprensa dos políticos. O que precisa ser perseguido por todos é um ditado antigo: "Meu direito termina quando inicia o direito dos outros”. Por que estou iniciando a coluna de hoje com este tema? Baseado na decisão do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que se negou a dar entrevista a uma repórter que teve a ousadia de lhe fazer uma pergunta picante, que não era de seu interesse. Terminou o “papo”, tudo gravado e noticiado pela imprensa escrita, usando, segundo ele, seu direito em uma entrevista coletiva. Leia: "Eu não quero falar com vocês. É um direito que eu tenho. É impressionante como vocês fazem oposição, não a mim, mas à cidade do Rio de Janeiro. É por isso que o presidente Bolsonaro não dá mais entrevista para vocês e vários outros políticos também pensam assim. O que a Globo quer é dinheiro em propaganda”. Não só foi uma insinuação sobre o jornalismo movido a verbas publicitárias, como foi uma defesa a Rede Record, de propriedade de Edir Macedo, considerado o “papa” da igreja Universal, da qual o bispo Crivella faz parte. O mesmo aconteceu com o presidente Bolsonaro, quando não convidou a Globo para a entrevista coletiva. Também não é menos verdade que os governos central e do Rio cortaram todas as verbas publicitárias da emissora. Não podemos esquecer que antigamente e não tão antigamente, 80% das verbas governamentais eram dirigidas à rede Globo. O barraco está formado. A eleição para a prefeitura está, também, em jogo. Crivella passa por um “inferno astral”, com pedido de CPI na Câmara municipal, que faz perigar a reeleição. Então, com os nervos à flor da pele, tudo pode acontecer. Concordam?        
 
Busca por poder é guerra de foice no escuro
As instituições continuam funcionando a todo o vapor. Ao mesmo tempo, o TRE de Brasília cassa o mandato do deputado distrital, José Gomes (PSB), por abuso do poder econômico, aparece (ou reaparece) a Odebrecht por ter depositado mais de R$ um milhão na conta de Rodrigo Maia e Cesar Maia (pai de Rodrigo). Não é matéria nova. É requentada no jargão da imprensa. Vimos abordando o tema desde a primeira denúncia. Isso surgiu logo no início quando decretada a prisão do então presidente da empresa. Por que veio a público só agora? É uma pergunta que o grande detetive inglês Sherlock Holmes responderia com facilidade: “É elementar, meu caro Watson”. A pendenga entre os presidentes Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia, verdadeiro barraco, está presente. E isso é bom para a democracia. Tudo tem que vir a público. O cidadão precisa conhecer quem são políticos. A denúncia esteve “parada” por algum tempo, para evitar prejuízos eleitorais. Mas agora volta à tona: “Guerra é Guerra”. Ou não?   
 
Fato ou boato
Ao final da noite de quinta-feira, no programa a Noite é Nossa, da Rádio Cultura, e o programa de Tudo um Pouco, da Rádio Web Visão Geral, Luciano Madeira deu um informação extraoficial, como repórter bem informado que é, sobre a possibilidade da transferência da Coordenadoria Estadual de Educação para Pelotas.  Contudo, se a decisão for confirmada, está ocorrendo em segredo de estado. Eu, por exemplo, não estou convencido, porque nós temos o presidente de um dos poderes do Estado, a Assembleia Legislativa, o deputado Luís Augusto Lara, que faz parte do governo de Eduardo Leite. É impossível que ele não tenha sido consultado, caso o boato (ou fato?) seja confirmado. Seria perda grande para Bagé.

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 1978 resultados encontrados
  • 15/06/2019 - Política

    Muda o governo, mas a estratégia é a mesma

    O inchaço da máquina e o gasto público exagerado causaram as crises em quase todos os países que estão passando por momentos de dificuldades financeiras. Mesmo assim, os políticos brigam para conseguir se eleger a cargos executivos. Quem não sabe que a arrecadação está em queda, não acompanha o...
  • 14/06/2019 - Política

    Tempo de atar cachorro com linguiça

    É ditado antigo que me vem à mente agora, após tantas denúncias de “espionagem”, com intenções políticos-partidárias. Até meados de 1950, quando comecei a “ser gente”, costumava acompanhar todos “os comícios” realizados na praça do Povo Novo. O que me chamava atenção eram os tribunos que usavam...
  • 13/06/2019 - Política

    O debate cresce com áudios divulgados

    A matéria que li no trajeto para o Galeão coloca mais pimenta no mocotó. Abordei o tema no Visão Geral, ao chegar ao aeroporto na viagem de volta para Bagé. Reportagem publicada no site The Intercept Brasil (nunca tinha ouvido falar) aborda diálogo de Sérgio Moro, com os procuradores da Lava...
  • 11/06/2019 - Política

    O falso moralismo pode acabar com a crise

    Há quanto tempo se ouve falar que o jogo de azar é uma das causas de desavenças familiares? No fundo, o que acontece é que a igreja tem combatido a regulamentação das apostas. E os políticos, não querendo se incompatibilizar com os religiosos, nunca tentaram regulamentar o jogo do bicho, por...
  • 08/06/2019 - Política

    Marcos Rizzon analisa os grupos I do GP Brasil

    Neste sábado, 8, teremos duas provas de G.1 no Hipódromo da Gávea.
    No GP Major Suckow, a força é Noruz (1000m/grama), de criação do Haras Nijú, de Bagé. No GP Roberto e Nelson Seabra (2000m/grama), a parelha Easiest Way e Grandeza, do Santa Maria de Araras, deve dominar o painel de apostas.
    No...
  • 07/06/2019 - Política

    Alguns políticos não me dão folga

    Na coluna de hoje eu deveria tratar apenas de Grande Prêmio Brasil de Turfe. Mas não. Acontece que, como diz a título acima, “eles” não me dão colher de chá, estão sempre aprontando. Como os leitores sabem, tenho tentado mostrar que o gasto público é exagerado, para não dizer outra coisa que...
  • 06/06/2019 - Política

    Em trânsito para o Rio - Turfe me chama

    Quis o destino que, entre outros esportes, o turfe ocupasse meus momentos de laser. Foi minha primeira participação na equipe esportiva do Mário Codevilla, por indicação de Leo Duarte (gerente da Rádio Cultura), em 1958 (18/12). Estreia no Hipódromo Visconde Ribeiro Magalhães. Dali para frente,...
  • 05/06/2019 - Política

    Reforma da Previdência/Colcha de retalhos

    É claro que isso não surpreende ninguém. Qualquer projeto, por mais simples que seja, sofre emendas dos parlamentares, em seu legítimo direito e acaba se tornando uma verdadeira colcha de retalhos. Imagine quando o projeto já é complicado por natureza. É o caso de reforma da Previdência. O...
  • 04/06/2019 - Política

    Continuação da coluna de ontem

    Tudo o que analisamos na coluna de ontem estão embasadas em informações oficiais, a maioria abordadas pelo Site “Contas Abertas”. Então, o que se pode esperar de um país que tem 28 milhões, entre desempregados ou subocupados? Tomando por base informações do Instituto Brasileiro de Geografia e...
  • 03/06/2019 - Política

    Em meio a temas sérios, aparecem os gozadores

    Acompanhei a homenagem feita pela Câmara de deputados, ao produtor de “humor” Carlos Alberto de Nóbrega. Como sou muito chegado a este tipo de programa, fiquei a imaginar o que poderia surgir de gozação abordando a solenidade. Não demorou muito tempo. No domingo, ontem, portanto, o Jornal o DIA...
Exibindo 1 a 10 de 1978 resultados encontrados
  • Página de 198
Clique TV
OPERAÇÃO SÃO CRISTOVAN | POLÍCIA CIVIL BAGÉ
Assista também:
OPERAÇÃO EMBOSCADA | POLÍCIA CIVIL
Clique Social

Coluna Social

Divulgação/FS

SEGUNDA-FEIRA (17), às 18h, vai inaugurar, na galeria de arte Edmundo Rodrigues, exposição do artista plástico Bruce Lee; o período de visitação irá...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.