Bagé / RS, Sexta-feira, 22 de Junho de 2018
Siga-nos:

Colunistas

Edgar Muza | Bagé/RS
Coluna: Política
Perfil: Radialista, comentarista de política e de notícias de geral. Liderança reconhecida nas áreas de saúde e de Carnaval.
Política

Em Brasília e Bagé a lógica ganha espaço

Nada melhor que dar tempo ao tempo. Alguns temas abordados neste espaço, nos últimos anos, que levaram alguns amigos a considerar o escriba repetitivo, estão acontecendo agora. Tomo a liberdade de analisar os fatos atuais para que os leitores comparem “as previsões” anteriores com a realidade que estamos vivendo. Minha base sempre foi a Constituição que apregoa: todos são iguais perante a lei. Vamos aos fatos. Pode o Supremo mandar prender um membro do Legislativo? Se pode, por que prenderam o Delcídio e não tomaram a mesma decisão com o Aécio? Se a atribuição, como afirmou ontem o ministro Alexandre Moraes, é do Senado, contraria a decisão tomada anteriormente contra Delcídio, que foi preso, com autorização da suprema corte, mesmo tendo os mesmos direitos dos demais políticos. Vou sempre repetir que, pelo menos eu, aplaudi a decisão (grande coisa!) porque lugar de ladrão é na cadeia. O argumento que um foi preso em flagrante e o outro não, é frágil, porque se a Constituição afirma que todos somos iguais, e se o Supremo não pode interferir nos demais poderes, deveria ter lavado as mãos em ambos os casos. Alexandre Moraes foi mais longe: que o Senado pague o ônus da decisão sobre o afastamento de Aécio. Como sou leigo e uso para tudo a lógica, creio que caberia a defesa de Delcídio reivindicar o mesmo direito. Pois bem, seguindo na análise dos fatos, ontem, a defesa de Dilma, após ser publicada pela Câmara a íntegra da deleção premiada de Funaro, resolveu pedir revisão em sua cassação. O que afirmou Funaro de tão grave? Coisa que já vem sendo comentada pela mídia, nacional e internacional, de que Cunha recebeu dinheiro para comprar deputados que aprovaram a cassação da presidente. Ora, elementar meu caro Watson, se a delação foi aceita, é sinal que tem algum fundamento. É exatamente baseado nessa lógica que José Eduardo Cardozo quer anulação do impeachment. Vai conseguir? Outra afirmação que ouso tornar pública: não. O primeiro item da nota publicada pela imprensa, assinada por Cardoso é forte: “As decisões ilegais e imorais tomadas pelo ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e por todos os parlamentares, que queriam evitar a sangria da classe política brasileira”. Também me atrevi a afirmar que, caso Lula seja condenado e não puder concorrer, só resta um caminho ao PT: lançar Dilma à presidência da República, de vez que ela continua com seus direitos políticos ilegalmente aprovados pelo Senado, com o apoio de Renan Calheiros e sua equipe, aceitos por Lewandowski que presidiu a sessão. São fatos que voltam à mente após as últimas declarações. Leitura lógica!

Justiça bloqueia contas da Saúde

Esse assunto, de tanto ser abordado neste espaço, tornou-se corriqueiro. Não me importo de ser taxado de repetitivo. Sempre uso a lógica para comentar fatos. Vamos a eles. É legal trabalhar e não receber em dia? Não é nem para funcionários, públicos e privados, e muito menos para prestadores de serviço contratados pelo poder público. A Saúde como direitos de todos e dever do Estado não foge à regra. Como tenho “enchido o saco” dos leitores abordando este tema, e cobrando dos gestores na Saúde uma decisão jurídica, me dou o direito de voltar ao assunto. Em qualquer contrato firmado entre duas partes, quem não cumprir está sujeito a uma ação judicial. Essa opinião externo desde o momento em que o governo Lula resolveu criar a contratualização. Fui contra após muitos cálculos que me levavam a crer que a “benesse” inicial não se manteria por muito tempo. Para “adoçar” os administradores de hospitais, o governo acionou com a liberação de um plus no valor do convênio firmado. Seria a “luva” a que tem direito o jogador de futebol. Mas, no futuro, nada estaria garantido. Boa parte dos hospitais gaúchos não aceitou a proposta e deixou de atender ao SUS. Hoje estão em uma situação privilegiada. Os que aceitaram estão enfrentando um déficit mensal, quase impagável. Além do mais, o atraso no repasse dos recursos tem aumentando os problemas da rede hospitalar. Recorrer à rede bancária, prática usada para cumprir os compromissos, chegou ao fim do poço. O endividamento é enorme. Pois bem, a Santa Casa, pela segunda vez, entrou na Justiça e vai receber parte do débito. Mas e o futuro? O Estado afirma que o contrato só será renovado pelos mesmos valores do anterior - vencido em agosto. Em um ano, os medicamentos, base de qualquer hospital, tiveram um acréscimo de 16% médio. Além do mais, só será assinado após a Santa Casa apresentar negativas, entre elas a dos bombeiros. No entanto, ela continua prestando serviços, sem ter contrato firmado. Pelo menos é o que se tem notícia. Não está na hora de ser chamada a irmandade para tomar uma decisão definitiva? A lógica deve entrar na pauta!        
 

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 1692 resultados encontrados
  • 22/06/2018 - Política

    Copa do Mundo é prioridade na imprensa

    Menos mal que há exceções. Não há regra sem exceção é o que se escuta falar. Muita coisa está acontecendo no Brasil que não tem tido a ênfase que merece. O Correio Brasiliense está sempre colocando entrevistas com pré-candidatos, políticos e juristas. E, ontem, sediou um seminário sobre...
  • 21/06/2018 - Política

    Consulta Popular movimentou nossa região

    Como é bom recordar. Recordar é viver, diz o ditado popular. Na terça-feira, tomei conhecimento (via gravação) da entrevista da direção do Hospital Universitário no programa Redação News, na Rádio Cultura. O doutor Rita, um dos administradores do HU, fez um amplo relato do que foi feito a partir...
  • 20/06/2018 - Política

    Me engana que eu gosto

    A letra de um samba, Marquinhos Satã, veio a minha mente após uma jogada ensaiada pelos deputados que tinha a intenção de complicar a Lava Jato. A intenção de formar uma CPI (mais uma) para investigar negociações de delação premiada, cujo objetivo da Justiça era apurar responsabilidades e...
  • 19/06/2018 - Política

    Olho na copa desvia atenção das pesquisas

    A Copa do Mundo tem a atenção da maioria do povo brasileiro. Não é diferente no mundo inteiro. É claro que o noticiário está virado para o maior evento esportivo do mundo. Mesmo assim, quem analisa política e suas injunções, não perde o rumo e consegue acompanhar todos os eventos. Principalmente...
  • 16/06/2018 - Política

    Um olho no mundial e outro na política

    O futebol desperta atenção do mundo. Porém, no Brasil, os políticos estão se virando em busca de composições. E não interessa de onde venha o apoio sempre e enquanto possa reforçar a busca pelo poder. Mais de 20 partidos, alguns mais fortes que outros, procuram algumas siglas que possa lhe...
  • 15/06/2018 - Política

    Começo a notícia com uma ótima notícia

    A burocracia aliada à falta de dinheiro atrasa qualquer projeto que dependa de recursos públicos, principalmente quando visam a melhorias no interior do Brasil. Estamos muito distantes das grandes capitais. É claro que o governo prioriza as cidades com maior número de habitantes. A imprensa do...
  • 14/06/2018 - Política

    Maia admite desistir de candidatura

    Como diria Nélson Rodrigues, se vivo fosse, “isso é o óbvio ululante”. Quem acompanha este espaço (são poucos, mas fiéis) sabe que a estratégia de Rodrigo Maia, ao se lançar como pré-candidato a presidente da República, era exatamente essa. Seu objetivo maior é a Câmara Federal, e, para tal,...
  • 12/06/2018 - Política

    Cachorro comedor de ovelha só matando

    Recebi algumas mensagens de amigos, como sempre, para perguntar, em estilo gozador, a causa pela qual eu não havia abordado as maravilhas do Rio. Eles sabem que sou apaixonado pela beleza da ex-capital do Brasil. Como fui um medíocre “seresteiro”, adoro a noite. Tudo isso carrega um romantismo...
  • 11/06/2018 - Política

    Estão todos na retranca, esperando por Lula

    Enquanto uns pré-candidatos estão quietos, a exceção de Jair Bolsonaro que continua trabalhando sua candidatura, o PT do Lula não se entrega. Eu diria que nunca se entregou. Continua trabalhando a candidatura de seu líder maior, mesmo convicto que será muito difícil ter a homologação. Acontece,...
  • 09/06/2018 - Política

    Eles estão perdidos há muito tempo

    Quem brinca com fogo pode se queimar. O governo não aprendeu que o mercado é livre. E quer continuar assim. Quando aconteceu a greve dos caminhoneiros que parou o país, os iluminados que ocupam o planalto, pensaram que o Movimento seria facilmente abortado. Eles pensaram que os trabalhadores que...
Exibindo 1 a 10 de 1692 resultados encontrados
  • Página de 170
Clique TV
Santa Edwiges Dia das Mães
Assista também:
Pé por Pé Dia das Mães
Clique Social

Coluna Social

“Quando você é bom no que faz, não se admire com imitações. Apenas proteja-se: a linha entre admiração e inveja é delicadamente tênue.”
MP
 

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.