Bagé / RS, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
Siga-nos:

Colunistas

Edgar Muza | Bagé/RS
Coluna: Política
Perfil: Radialista, comentarista de política e de notícias de geral. Liderança reconhecida nas áreas de saúde e de Carnaval.
Política

Maia cobra mais respeito do Planalto

Quando os denunciados por “corrupção’ começam a brigar, o cidadão honrado começa a vibrar. Desculpem a rima, não foi intencional. A alegria voltou a tomar conta de mim, que não vejo a condenação de corruptos ou a inelegibilidade ser decretada, antes da próxima eleição. Entretanto, vejo a preparação de uma lei, que será aprovada nos próximos dias pelo Congresso, que tenta colocar os corruptos à frente de uma possível lista partidária, o que os conduziria mais facilmente à reeleição. Quem brigou com quem? Rodrigo Maia versus Michel Temer. De início, pensei ser uma “briga de gancho”. Como acontecia em nossa infância. Mas não. A causa da advertência foi a disputa de mais um corrupto que estava comprometido com o DEM e assinou ficha com o PMDB. Os Democratas que formam a bancada da base de Temer, ficaram revoltados com a traição do PMDB. Foi fundo ao afirmar que “Temer faltou com a palavra e até ameaçou  com a retaliação do DEM em votações de interesse do governo”. Pediu que o Palácio pare com o “fogo amigo”. Como este filme já passou em meu cinema, me chamou atenção o desabafo do presidente da Câmara. Sua bancada deve estar descontente com a primeira liberação de recursos antes de ser votada a denúncia anterior contra Temer. Ao tomar essa decisão, Maia garante praticamente que a “injustiça” cometida seja corrigida na próxima votação, que autorizará ou não, a investigação do presidente, pelo Supremo. Mas o que ficou ainda mais engraçado, para não dizer outra coisa, é que nessa “briga” Rodrigo Maia criticou até seu sogro, Moreira Franco, que participou da assinatura de ficha de filiação do “Pelé” conquistado para suas fileiras. É claro que a esposa de Maia não vai ficar satisfeita com as críticas a seu pai. Então, conclusão minha, as críticas têm um objetivo, “valorizar o voto de cada Democrata” e receber o que eles acham que têm direito. Assim como no futebol quando um craque da bola é contratado, ou é disputado, por grandes clubes, eu fui buscar a “ficha técnica” do passe do “atleta”, que assinou com o PMDB. E aí entendi tudo.    

O novo integrante do time do Temer
O senador Fernando Bezerra Coelho muda de partido como quem muda de camisa. Entre outras coisas, ele foi presidente do Santa Cruz e conseguiu patrocínios de órgãos federais para sua equipe. Foi filiado ao PDS, partido que substituiu a Arena, partido que deu respaldo à ditadura. Em 82, se elegeu deputado estadual de Pernambuco. Depois, migrou para o PFL e, após, filiou-se ao PMDB onde elegeu-se deputado federal constituinte (87 a 91). Já em 2000 foi reeleito prefeito de sua cidade, Petrolina, agora pelo PPS. Em 2006, na gestão de Eduardo Campos (PSB), presidiu o Complexo Portuário do Porto de Suape. Em 2011, compôs a equipe de Dilma Roussef (PT) como ministro da Integração Nacional. Ficou até outubro de 2013, quando seu partido (PSB) rompeu com o governo e ele foi candidato a senador. Agora, em setembro de 2017, causa um frisson no Rodrigo Maia, que já tinha o seu passe garantido para o DEM. Talvez a oferta das “luvas” para que o craque assinasse ficha, não tenha sido tão substancial quanto a do PMDB, cuja presidência da República tem a “chave do cofre”. Até aqui, apenas a troca de clubes (desculpem de partidos) mostra que seu nome é considerado importante para os objetivos politiqueiros de cada uma das partes. Agora, vem o lado importante de seu currículo e a causa da disputa de seu passe pelo DEM que perdeu para PMDB.

Suspeita de corrupção  
A Polícia Federal através da Operação Turbulência investiga um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado mais de R$ 600 milhões. O dinheiro teria sido utilizado para abastecer o caixa dois do PSB e assim financiar a campanha de reeleição de Eduardo Campos, ao governo de Pernambuco em 2010 e nas eleições presidenciais de 2014. Segundo as investigações, parte do dinheiro teria sido usado na compra da aeronave utilizada por Campos na sua campanha. Segundo o Ministério Público Federal, Eduardo Campos e o senador Fernando Bezerra Coelho teriam recebido propina do dono da aeronave. A construtora Camargo Corrêa teria pago propina a Campos e Bezerra, referentes as obras na Refinaria Abreu e Lima. A empreiteira OAS também estaria envolvida. O esquema de lavagem de dinheiro também estaria ligado com outros esquemas investigados na Operação Lava Jato. Os leitores concordam que a disputa entre PMDB e DEM, leva em conta “os serviços prestados” pelo senador Bezerra. Para concluir sua ficha técnica, em outubro de 2016, ele foi denunciado pela Procuradoria Geral da República pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, acusado de receber propina de R$ 41 milhões. Concordam que um atleta "com essa qualidade técnica merece ser disputado, pelos partidos que lideram (junto com PT, PP e PSDB) a corrupção nacional”. Não repita voto em denunciados. Certo?
 

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 1539 resultados encontrados
  • 13/12/2017 - Política

    Governo pressiona indecisos sobre reforma

    Pelo menos o rolo compressor do governo não engana ninguém. Primeiro, porque todo mundo já sabe, e segundo, porque está em jogo a próxima eleição. Vem a público e declara, alto e bom som, que a baixa dos juros, na próxima reunião, depende da aprovação da reforma da Previdência. Desde o último...
  • 12/12/2017 - Política

    Dois temas que na prática não funcionam

    Um deles são os cartões corporativos e o outro o uso indiscriminado dos aviões da FAB. Sobre os cartões, nada mais tem se escutado falar. Lembram que, antigamente, e não tão antigamente assim, membros do governo usavam os cartões para pagar cachorro-quente na banca da esquina. Teria sido a gota...
  • 11/12/2017 - Política

    O governo comemora a vitória do povo

    No sábado e domingo, a maioria dos jornais brasileiros reproduziu mensagem do governo Temer comemorando a inflação baixa. É o autêntico cumprimento com o chapéu dos outros. E aqui peço permissão aos leitores para repetir o título que encabeçou esta coluna, logo que iniciou, ou que foi detectada,...
  • 09/12/2017 - Política

    Cansei - que chegue o recesso

    Não cansei, é bom que saliente, do dia a dia do jornalismo. Quem escolhe a informação como alimento não cansa. Ou no velho ditado popular, “quem corre por prazer não cansa”. Agora, estou cansando do que tenho acompanhado. Boa parte dos órgãos de comunicação que costumo acompanhar diariamente,...
  • 08/12/2017 - Política

    Cada estrategista tem sua reserva técnica

    A vida nos ensina muita coisa. Deveria ensinar, também, que não se engana todos para sempre. Pode enganar alguns por algum tempo. Mesmo assim, a classe política segue apostando na memória curta dos eleitores. É uma estratégia que vem dando certo. A reforma da Previdência, cantada em verso e...
  • 07/12/2017 - Política

    A coluna em tópicos. Salada de frutas

    Hoje resolvi voltar ao formato da coluna no antigo Correio do Sul. Acontece que me deparei, nas leituras matinais, com três matérias importantes colhidas nos jornais O Dia, Jornal do Brasil, Correio Brasiliense e Estadão. Aparentemente, nada tem a ver um com o outro. Aparentemente. A primeira...
  • 06/12/2017 - Política

    Estão descobrindo a América

    Quem está atento ao noticiário se apercebe de certas coisas que já foram notadas há muito tempo, mas só agora vêm à tona. Pela força da profissão, procuro me informar em muitos meios de comunicação. Cada um tem seu estilo de informar e nem sempre se assemelham em seu conteúdo. Que a Lava Jato já...
  • 05/12/2017 - Política

    Três temas voltam à tona na coluna

    Nada que vamos abordar hoje é considerado novidade. Por diversas vezes, individualmente, já analisamos. Um deles traz a seguinte informação: “Câmara gasta, por ano, mais de R$ 4 milhões em auxílio-moradia para deputados mesmo com  apartamentos vazios”. Ora senhores, a Câmara de Deputados possui...
  • 04/12/2017 - Política

    Os inocentes acreditam em tudo I

    Não sou especialista em nada. Mas sou crítico em quase tudo. É isso que amigos mais chegados sempre estão me advertindo. Alguns até me consideram “soldadinho certo”. Em rodas de amigos sempre surge a oportunidade de contrapormos com o interlocutor. Outra vez comento fatos noticiados no final de...
  • 02/12/2017 - Política

    O justo não pode pagar pelo pecador

    Se tem um assunto que quase sempre vem à baila no período eleitoral, são denúncias contra possíveis candidatos. Principalmente se as tais pesquisas mostram números que indicam a possibilidade de uma vitória. Embora, quem dite as normas seja o diretório nacional, jamais vou comparar os militantes...
Exibindo 1 a 10 de 1539 resultados encontrados
  • Página de 154
Clique TV
Novo Polo na Tterrasul
Assista também:
Casa & Conforto
Clique Social

Coluna Social

“Engana-se quem acha que a riqueza e o status atraem inveja. As pessoas invejam mesmo o sorriso fácil, a luz própria, a felicidade simples e...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.