Bagé / RS, Sexta-feira, 24 de Maro de 2017
Siga-nos:

Colunistas

Edgar Muza | Bagé/RS
Coluna: Política
Perfil: Radialista, comentarista de política e de notícias de geral. Liderança reconhecida nas áreas de saúde e de Carnaval.
Política

O bicho tá pegando. Corruptos conspiram

A maioria dos políticos, estou falando sobre os corruptos, estão pisando em ovos, como diriam os mais antigos. São mais de duzentos os investigados pela Polícia Federal, entre eles, a grande maioria já está nas mãos do Supremo ou da Justiça federal, dependendo se ele tem foro privilegiado ou não. As empreiteiras que estão no “olho do furacão”, participaram da “compra de políticos” para verem suas propostas aprovadas. Com o título “ajuda de campanha”, se formou a grande base da “gang” descoberta e sendo julgada. E aí escapam poucos partidos, talvez só os menores, desta roubalheira. Mas estes, por serem pequenos e não terem representação suficiente para caçar os ladrões, se restringem, apenas a gritar. Esbravejam contra os bandidos, mas é só. Quem está salvando (ou lavando?) a pátria são as instituições. Aqui do lado de fora, apenas observando os acontecimentos, tiro minhas conclusões. No caso atual, ao escutar os envolvidos explicando os atos que não consideram ilícitos, me dá vontade de rir. Por exemplo, ao defenderem o caixa dois, apenas confirmam que ele existiu. Ou seja, dão razão aos investigadores. Então, a jogada ensaiada por todos é a seguinte: “Nem sempre caixa dois é crime”. Partindo do principio que isso seja considerado legal, está aberta a porteira para os sonegadores usarem a estratégia e sonegarem impostos. É senil, porém, uma coisa é uma coisa e outra é outra. Sem olhar para o lado jurídico, por ser leigo, me atenho a parte prática. Quem sonega imposto não está roubando do país dos brasileiros? Está. Quem roubou da Petrobras, não fez a mesma coisa? Fez. Os grandes sonegadores não usaram dos políticos para “legalizar” suas falcatruas? Usaram. Então, os reais prejudicados somos nós, que pagamos os impostos e elegemos os governantes no sentido deles solucionarem os problemas de saúde, educação e segurança. Muito esclarecedora foi a opinião da presidente do Supremo, Carmen Lúcia: "O que está sendo julgado não é se o caixa é um, dois ou três, é a procedência do dinheiro”. 
 
Onde quero chegar: eis a questão
Já cheguei há muito tempo, basta lerem minhas colunas desde o início do Folha do Sul. Os privilégios têm que acabar, respeitando a própria Constituição: “Todos são iguais perante a lei”. Os corruptos hoje, estão mais preocupados com a próxima eleição do que com os processos judiciais que estão andando nas diversas áreas do judiciário. No Supremo é mais lento do que na Justiça Federal. Imaginem o que pensam os denunciados. Até isso eu tento adivinhar. Com seus doadores, a maioria preso, não haverá quem auxilie suas campanhas. Eles não estão preocupados com seus julgamentos, mas sim com sua reeleição. Sem dinheiro, eles sabem, que ficarão em situação idêntica aos candidatos que sempre concorreram sem auxílio extra, mas sim como os recursos do próprio partido. Então, estão bolando uma reforma na Lei Eleitoral que permita ajuda de campanha de quem quer que seja, mas que será depositada no TSE, para ser dividida levando em consideração o tamanho dos partidos. Se me fosse dado a oportunidade de votar, até aceitaria em parte a sugestão. Doação sim, mas divisão igualitária sem olhar o tamanho dos partidos. O mesmo deveria ocorrer com os espaços políticos. Todos os candidatos da majoritária teriam o mesmo tempo disponível no rádio e televisão. Aí terminaria um dos objetivos para formação de coligações: O tempo na mídia. Concordam ou não?
 
Briga de foice no escuro                                                  
Na quarta (dia 15), Michel Temer se reuniu no palácio, com os presidentes da Câmara (Rodrigo Maia), do Senado (Eunício Oliveira) e do TSE (Gilmar Mendes), para tratar de uma reforma no sistema político/eleitoral. Nem me perguntem o que o Gilmar Mendes estava fazendo por lá. Sua participação política e não jurídica como querem que acreditemos, não deixa dúvida sobre sua importância na mudança, temporária eu diria, das regras eleitorais. É claro que o tema é beneficiar a quem está com a “cola presa”. Pois bem, na sexta (dia17), a presidente do Supremo, Carmen Lúcia, em entrevista à rádio CBN, assim se manifestou: "O sistema brasileiro precisa mesmo ser repensado, não tenho dúvida nenhuma. Mas a lista fechada e o financiamento fazem com que haja provavelmente pessoas que vão arvorar-se quase como donos, proprietários de partidos". Foi além, demonstrando que não concorda com a montagem de um sistema engendrado no palácio: “Talvez seja a hora da gente cumprir o artigo 14 da Constituição. Afinal, o artigo 1º da Constituição estabelece que o povo é soberano, o povo é que é titular da soberania, logo ele é que deve decidir em última instância. O artigo 14 da Constituição de 1988 prevê esses mecanismos. Talvez já tenha passado da hora da gente começar a adotá-los para que o povo se manifeste". Ela defende referendo ou plebiscito, com amplo debate para que o eleitor entenda o que vai ser modificado. Boa, dona Carmem! Mudar as regras do jogo com a partida andando não é aceita nem no futebol. Por baixo do arroz tem linguiça. Ou não?
 

Comente essa notícia
Exibindo 1 a 10 de 1325 resultados encontrados
  • 24/03/2017 - Política

    Desespero das denúncias apressa defesa

    Ontem, acompanhei no Correio Brasiliense a cópia de um vídeo que teria sido produzido pela JBS para comprovar a qualidade dos seus produtos. Texto em português e inglês, publicado no Youtube da empresa, com a apresentação de nota fiscal, cujos produtos venceram em 2013. O que estava sendo...
  • 23/03/2017 - Política

    Após porta arrombada, tranca de ferro

    Em tudo na vida algumas decisões são tomadas após os acontecimentos. Não há medidas preventivas. Poucos recorrem aos médicos antes de sentir dor. Quando há uma denúncia, principalmente via imprensa, as autoridades tomam providências. Aqui mesmo na terrinha, faz tempo que vimos falando que os...
  • 22/03/2017 - Política

    O que a imprensa internacional opina

    Nada mais é o que a nossa imprensa também destaca. A descoberta e denúncia da Polícia Federal sobre procedimento irregular de alguns frigoríficos brasileiros. Eles comparam com outros fatos que movimentaram o mundo produtivo e causaram suspensão de importações. Falam sobre a “vaca louca”, sobre...
  • 21/03/2017 - Política

    A visão (geral) de um leigo sobre a carne

    A carne é fraca, jargão popular, que pode ser lembrado no momento em que as denúncias proliferam. Agora, tem coisa que não entra na cabeça de um leigo. E aqui não estou fazendo juízo de valor, vou apenas comentar informações que colocaram o governo Temer em polvorosa. Não sem razão. E faço uma...
  • 18/03/2017 - Política

    A propaganda é a alma do negócio

    É um jargão conhecido no mundo, mas que ninguém contesta. Se você não divulgar seus produtos como é que o consumidor irá saber que seu preço é menor do que a concorrência. No mundo dos negócios é bem aceito, mas tem suas limitações. Você não pode gastar em propaganda mais que o percentual...
  • 17/03/2017 - Política

    Reformas a perigo. Vai sobrar para nós

    Tenho um vício que é guardar o que dizem os políticos para comparar ao que executam quando assumem o governo. Por enquanto, atenho-me ao governo central. Sem entrar no mérito sobre a cassação de Dilma, se legal ou ilegal. Se constitucional ou inconstitucional. Se foi golpe ou respeito irrestrito...
  • 16/03/2017 - Política

    Dia Mundial do Sono e a Lava Jato

    Amanhã, 17 de março, é comemorado o Dia Mundial do Sono. Nem sabia que existia esse dia. Mas existe. Procurei me aprofundar na pesquisa sobre o sono. Pois uma especialista, dra. Luciene Mello, que atua no Hospital Federal da Lagoa (RJ) adverte: "Dormir adequadamente ajuda a emagrecer: isso...
  • 15/03/2017 - Política

    Corruptos em alerta: empurrar com a barriga

    O amplo direito de defesa é uma prerrogativa de todo o cidadão. E isso ninguém contesta, pelo menos publicamente. Agora, têm coisas que vêm a público que não são normais, pelo menos para nós, leigos. É o caso do Renan Calheiros. Ele entrou com pedido de “suspensão de ação até obter vídeos de...
  • 14/03/2017 - Política

    Empreiteiros corruptos. Só eles?

    Algo sempre se aproveita nas declarações dos políticos. Pode ser a maior mentira, mas espremendo saiu suco. O ladrão comum não roubaria nada se não tivesse no mercado quem comprasse seu roubo. Conclusão, o ladrão não rouba sozinho. Ambos merecem ir para a cadeia. Ladrões e receptadores cometem o...
  • 13/03/2017 - Política

    Fatos semelhantes, opiniões diferentes

    Domingo é sempre mais difícil encontrar temas que justifiquem uma opinião sobre fatos. Acontece que, a partir de quinta-feira, os componentes do Congresso se mandam de Brasília em direção a seus estados. Com nosso dinheiro, deixo claro. O governo central também se locomove a seu estado, sempre...
Exibindo 1 a 10 de 1325 resultados encontrados
  • Página de 133
Enquete

Reportagem publicada na semana passada divulgou a intenção, a partir do projeto de lei (PL 7126/17) que pretende conferir, ao município de Bagé, o título de Capital Nacional da Criação de Cavalos da Raça Puro-Sangue Inglês. Com essa iniciativa, o governo municipal estuda a retomada das corridas de turfe no parque Visconde de Ribeiro Magalhães, como ocorriam no passado. O jornal Folha do Sul pergunta ao internauta se aprecia essa ideia

  • SIM. As corridas sempre levam um grande público, tornando-se mais uma atração ao local, sendo que o parque já sediou as disputas no passado.
    ( 81% )
  • NÃO. Deve-se providenciar um local específico para as corridas, visto que o parque da Rural já sedia eventos como provas campeiras como a Semana Crioula.
    ( 19% )
Ver resultado parcial
Quero votar
Clique TV
Show - Guri de Uruguaiana - Bagé
Assista também:
Operação "Lenhador" prende homem acusado de liderar o tráfico de drogas na região da Campanha
Clique Social

Coluna Social

“Onde não puderes reforçar positivamente, não te demores.”
Frida Kahlo
 
Selvagens administrativos
Depois de observar testemunhos de pessoas...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.